PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Aline Diniz


Aline Diniz

5 histórias que foram filme antes de chegar à TV

Aline Diniz

Aline Diniz é jornalista de formação, especialista em séries de TV, apresentadora, roteirista e produtora focada em entretenimento e cultura pop. Depois de nove anos no site Omelete, onde foi estagiária, repórter, editora, gerente e muito mais, hoje é apresentadora da TNT e criadora de seu próprio conteúdo em várias plataformas, incluindo aqui no UOL!

Colunista do UOL

30/04/2020 04h00

Não é novidade que animações voltadas para o público infantil ganhem continuações em forma de série animada —a produção é mais barata e o público-alvo continua entretido. Mas e quando filmes em live action são adaptados para a TV? Tivemos alguns casos ao longo dos anos, mas vamos relembrar os melhores e mais recentes:

Bates Motel (2013 - 2017) / Psicose (1960) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Bates Motel (2013 - 2017) / Psicose (1960)

Lembro quando foi anunciado que a história contada em "Psicose", filme clássico de Alfred Hitchcock, ganharia um prelúdio na TV. Ninguém nem acreditava, era algo meio surreal, encostar numa obra tão clássica, tão intocável assim. "Bates Motel" estreou e todo mundo foi na maior incerteza do que encontraria, mas o que vimos foi uma excelente adaptação, respeitosa à original e com atuações de tirar o fôlego de Freddie Highmore e Vera Farmiga como Norman e Norma Bates, respectivamente.

A produção dá uma barrigada ali no meio, por volta da terceira temporada, mas retorna com força total e apresenta uma das melhores soluções ao eterno drama dos prelúdios (trabalhar com uma narrativa que já tem um final), atualizando a história para os dias atuais e corrigindo alguns dos pontos de "Psicose" que acabaram ficando datados.

Fargo (2014 - em andamento) / Fargo (1996) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Fargo (2014 - em andamento) / Fargo (1996)

Pensando bem, todas as adaptações de filmes bem-sucedidos sofrem quando são inicialmente anunciadas. Com "Fargo" não foi diferente e a adaptação para a TV só foi criticada —isso até começarem a anunciar o elenco. Martin Freeman, Billy Bob Thornton, Colin Hanks, entre outros nomes chamaram a atenção do público, que se interessou pelo projeto e foi entender mais sobre a série.

"Fargo" acabou se tornando uma antologia, uma coleção de histórias sobre crimes ambientados na gelada Minnesota, mas que sempre têm uma ligação com a cidade de Fargo, na Dakota do Sul. As temporadas, inclusive, surpreendem pelo elenco espetacular que conseguem reunir.

Hannibal (2013 - 2015) / vários filmes de 1986 a 2007 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Hannibal (2013 - 2015) / vários filmes de 1986 a 2007

Adaptar as histórias do assassino serial canibal Hannibal Lecter depois da espetacular atuação de Anthony Hopkins ao longo de quatro filmes seria impossível, certo? Errado.

Bryan Fuller, uma das mentes mais criativas da televisão americana, pegou pra adaptar e deu mais do que certo. Foram três temporadas com o espetacular Mads Mikkelsen como o consagrado personagem e Hugh Dancy ao seu lado no papel de Will Graham. Extremamente visual, "Hannibal" traz uma estética completamente diferente à TV — além, é claro, de provar que dois atores podem dar vida ao mesmo personagem com a mesma maestria.

Westworld (2016 - em andamento) / Westworld: Onde Ninguém tem Alma (1973) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Westworld (2016 - em andamento) / Westworld: Onde Ninguém tem Alma (1973)

Essa é uma daquelas que muita gente nem sabe que teve filme antes. Aliás, vale apontar que o roteirista e diretor desse filme, Michael Crichton, é o autor também de obras literárias —como a que deu origem a "Jurassic Park"— além de ter escrito também o roteiro do filme "Twister" e de ser o criador de "ER".

Enfim, o longa de 1973 tem mais ou menos a mesma premissa da série, onde os androides de um parque temático começam a ter com uma "pane" e matar os visitantes do parque. A série amplia e estende essa narrativa, atualizando tudo relacionado a futuro —pense, no filme original, o "futuro" deles era o ano de 1983.

The Girlfriend Experience (2016 - em andamento) / Confissões de uma Garota de Programa (2009) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

The Girlfriend Experience (2016 - em andamento) / Confissões de uma Garota de Programa (2009)

Essa é uma daquelas que ninguém conhece muito bem o filme nem a série, mas vale uma menção. Baseada no longa homônimo dirigido por Steven Soderbergh, a produção televisiva, assim como "Fargo", é uma antologia e traz várias histórias diferentes sobre mulheres que usam o sexo como ferramenta de trabalho, seja como moeda de troca ou mercadoria.

Wet Hot American Summer: First Day of Camp (2015) / Wet Hot American Summer (2001) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

BÔNUS: Wet Hot American Summer: First Day of Camp (2015) / Wet Hot American Summer (2001)

Essa só está aqui porque eu AMO. Não necessariamente recomendo, mas se você gosta de um humor completamente sem sentido, "Wet Hot American Summer" é para você. Eu honestamente só assistir por causa do elenco —e fiquei apaixonada. A história basicamente acompanha um grupo de conselheiros em um acampamento de verão no último dia da temporada. Tem Paul Rudd, Elizabeth Banks, Amy Poehler, Bradley Cooper (na época que ele ainda não era ninguém) e mais um punhado de gente incrível.

Eis que, QUATORZE ANOS depois, em 2015, a Netflix anuncia uma nova parte da história. Um prelúdio. Todos os atores, que já eram mais velhos do que deveriam ser para seus papéis, voltariam para estrelar uma história em que precisariam estar ainda mais novos. É genial.

Não suficiente, em 2017, mais uma temporada foi produzida, agora assim depois de todos os acontecimentos. É espetacularmente absurdo e eu me divirto horrores —apesar de ter plena consciência de que não é para todos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Aline Diniz