PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Aline Diniz


Aline Diniz

5 séries curtinhas e leves para relaxar no final de semana

Aline Diniz

Aline Diniz é jornalista de formação, especialista em séries de TV, apresentadora, roteirista e produtora focada em entretenimento e cultura pop. Depois de nove anos no site Omelete, onde foi estagiária, repórter, editora, gerente e muito mais, hoje é apresentadora da TNT e criadora de seu próprio conteúdo em várias plataformas, incluindo aqui no UOL!

Colunista do UOL

18/04/2020 04h00

O final de semana chegou e agora você pode curtir e relaxar depois de uma semana intensa de home office com as séries mais levinhas e gostosas de assistir:

Atypical - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Atypical

(Netflix)

Essa é uma série que eu raramente ouço alguém comentando —e eu amo. "Atypical" acompanha a família Gardner, mas foca mais em Sam (Keir Gilchrist), um garoto autista que é como qualquer outro jovem da sua idade. Ao longo das três primeiras temporadas, vemos a família passando por inúmeras adversidades e descobertas que criam desafios, mas é basicamente uma família comum vivendo seu dia a dia. Descompromissada, leve e inusitada, "Atypical" foi renovada para a quarta e última temporada e traz uma leveza a um assunto que nem sempre é visto dessa forma: como a sociedade encara o autismo e como o autista encara a sociedade.

Modern Family - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Modern Family

(Globoplay)

Essa é clássica! A 11ª e última temporada de "Modern Family" acabou de ser exibida há pouco nos Estados Unidos, mas vale a pena ir conferindo os episódios no conta-gotas até a chegada do último ano ao Brasil. Assim como a maioria das famílias de hoje em dia, a série acompanha os Pritchett: Jay (Ed O'Neill) é o patriarca. Pai de dois filhos mais velhos, Claire (Julie Bowen) e Mitchell (Jesse Tyler Ferguson), ele casa-se novamente com Gloria (Sofia Vergara), uma mulher bem mais nova. Claire é casada, com Phil (Ty Burrell) e eles têm três filhos: Haley (Sarah Hyland), Alex (Ariel Winter) e Luke (Nolan Gould); enquanto Mitchell é casado com Cameron (Eric Stonestreet) e juntos eles adotam Lily (Aubrey Anderson-Emmons). Ao longo dos anos, "Modern Family" sempre tentou inovar, fazendo episódios diferentes e criativos. Se você ainda não assistiu, vale a pena conferir!

Parks and Recreation - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Parks and Recreation

(Amazon Prime Video)

Uma das minhas séries favoritas —com um porém. A primeira temporada é bem ruim e não tem nada a ver com o restante da série. Com apenas seis episódios, é rapidinho e já chega na nata da série, que acompanha o braço governamental de parques e recreação da pequena cidade fictícia de Pawnee. Leslie Knope (Amy Poehler) é a funcionária pública mais dedicada, enquanto seus colegas só atrapalham.

Brooklyn Nine-Nine - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Brooklyn Nine-Nine

(Netflix)

Dos mesmos criadores de "Parks and Recreation", "Brooklyn Nine-Nine" traz o dia a dia dentro de uma delegacia de polícia de Nova York. Apesar de tratar de crimes e situações potencialmente tensas, "Brooklyn Nine-Nine" é divertida demais. Jake Peralta (Andy Samberg) e seus colegas detetives não ficam entediados no trabalho, criando inúmeros eventos especiais para promover a união do grupo e as risadas do público. A diversidade dentro também é espetacular, principalmente por ser tratada da maneira mais natural possível, sem ser panfletária em nenhum momento.

Great News - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Great News

(Netflix)

Outra série de situação no trabalho, mas igualmente engraçada. Aqui acompanhamos o dia a dia de uma redação de telejornal —com a reviravolta de que a mãe de uma das repórteres consegue um estágio e começa a trabalhar na mesma firma que a filha.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Aline Diniz