Topo

Game of Thrones


Lena Headey admite: "Queria uma morte melhor para Cersei em Game of Thrones"

Reprodução/HBO
Cersei (Lena Headey) no Trono de Ferro no último episódio da sexta temporada de 'Game of Thrones' Imagem: Reprodução/HBO

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

2019-06-17T08:28:10

17/06/2019 08h28

Uma das figuras do elenco mais aclamadas em Game of Thrones, Lena Headey viu sua personagem, Cersei, morrer de forma que dividiu opiniões na temporada final de Game of Thrones. A Lannister não sobreviveu a um soterramento na destruição de Porto Real, quando estava ao lado do irmão Jaime (Nicolaj Coster-Waldau). Apesar de ter feito elogios ao desfecho anteriormente, agora Lena voltou atrás e admite que queria algo mais grandioso.

Em entrevista ao The Guardian, Lena se abriu sobre o fim da série, que quebrou recordes de audiência pelo mundo. Questionada se os roteiristas David Benioff e Dan Weiss falharam em entregar o desfecho esperado, foi cuidadosa.

"Não, veja bem. Eu investi na série como espectadora e tenho meus personagens favoritos. E tenho minhas queixas. Mas nunca me sentei bêbada depois do fim com David e Dan". O repórter perguntou o que ela falaria se estivesse bebendo com os roteiristas.

Eu diria que queria uma morte melhor

Lena explicou: "Obviamente você sonha com sua morte. Você pode ir embora de qualquer forma nesta série. Então, eu fiquei meio tensa. Mas eu acho que eles não poderiam agradar a todos. Não importa o que eles fizessem, eu acho que sempre haveria grandes quedas nesta escalada".

Enquanto alguns como Kit Harington e Emilia Clarke sofreram com a gravação de GoT - o primeiro foi internado em uma clínica de reabilitação e a segunda sofreu aneurismas -, Lena está bem e em contato com os companheiros.

"Temos um grupo de Whatsapp que é hilário. Lá você sabe quem anda bebendo", afirmou ela. "Tem sido incrível. Coisas acabam, e você segue em frente."

A entrada em GoT

Lena Headey relembrou como foi escalada para a série. Ela viveu no fim da década de 2000 Sarah Connor em Terminator: The Sarah Connor Chronicles, uma série de pouco impacto. Mas chamou a atenção do ator Peter Dinklage - o Tyrion, de Game of Thrones -, que sugeriu que ela fosse chamada para um teste.

"Estávamos fazendo um filme independente e estávamos nesta caravana superquente, quando Pete sugeriu: 'Você precisa ler isso'. Eu amo o Pete e pensei: 'Se ele está falando, é porque deve ser bom pra c...'", relembrou ela, que achou que iria passar um mês rindo e gravando na Escócia, mas acabou em uma longa e impactante série, que mudou sua carreira e a fez ganhar, segundo o Hollywood Reporter, US$ 1 milhão por episódio.

Mais Game of Thrones