Topo

Game of Thrones


Teoria diz que Tyrion foi o verdadeiro Rei e "vencedor" de "Game of Thrones"

Divulgação/HBO
Imagem: Divulgação/HBO

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

27/05/2019 09h55

Atenção: Este texto contém spoilers da temporada final de "Game of Thrones". Não leia se não quiser saber como foi.

Tudo se resumia ao Trono de Ferro e a saber quem reinaria sobre todos. "Game of Thrones" acabou com Bran sendo escolhido para governar seis reinos, com o Norte independente, sob as ordens de Sansa. Mas uma nova teoria indica que há um vencedor mais discreto neste jogo dos tronos, que teve o poder nas mãos, na prática e legitimado pela sucessão, mas que se absteve.

Estamos falando de Tyrion Lannister, que ao fim da temporada ficou como a Mão de Bran.

Esta teoria veio do Reddit, de um usuário da rede social cujo perfil é "AgnostosTheosLogos". Ele retomou acontecimentos da temporada final e detalhou aspectos da "árvore genealógica" de "GoT" para dar base a sua teoria.

Tudo começa com a morte de Cersei, então Rainha, soterrada por escombros durante o ataque de Daenerys e Drogon a Porto Real, destruindo o local.

Cersei morreu junto a Jaime na última temporada - Reprodução/Twitter
Cersei morreu junto a Jaime na última temporada
Imagem: Reprodução/Twitter

Depois disso, é vez da própria Daenerys morrer, pelas mãos de Jon Snow. Ela não deixou herdeiros, e seu único parente vivo era o próprio Jon.

Daenerys ficaria com o trono, mas foi morta por Jon Snow - HELEN SLOAN/HBO
Daenerys ficaria com o trono, mas foi morta por Jon Snow
Imagem: HELEN SLOAN/HBO

Como sabemos, Jon Snow nunca se interessou pelo trono. E isso deixou a linha sucessória sem ninguém de sangue a ocupar o posto depois de Daenerys.

Jon Snow não queria saber do trono - Divulgação
Jon Snow não queria saber do trono
Imagem: Divulgação

É aí que entra Tyrion e como ele, de fato, seria o Rei. Ele é o próximo integrante, por sangue, da família de Cersei, a última governante antes de todos os acontecimentos.

Mas por quê isso aconteceria? A explicação está nas leis e tradições de Westeros, em que o próximo na fila do trono, caso não haja parentes, é o homem mais próximo ligado à última pessoa que tinha a coroa - no caso, Cersei.

O usuário do Reddit teve de rebater críticos à teoria, principalmente quem citava Gendry como o próximo na linha sucessória, mas lembrou que aos olhos dos Lannister e dos Baratheon, ele era visto como bastardo, o que o deixava inelegível ao trono.

Gendry, considerado bastardo, é descartado na linha sucessória - Divulgação
Gendry, considerado bastardo, é descartado na linha sucessória
Imagem: Divulgação

E tem mais: Tyrion teve o poder nas mãos e inclusive a chance de mudar as leis vigentes. No começo da reunião que definiu os rumos dos reinos, foi ele próprio quem optou por dar o poder a Bran. Enquanto a teoria mostra que claramente Tyrion poderia ter reclamado o trono, ele optou por definir o futuro de outra forma, transformando o sistema de governo vigente.

Mudando as leis e tradições, algo exclusivo a Reis ou Altos Septãos, Tyrion abdicou da possibilidade de reclamar o trono e Bran foi coroado, mostrando, segundo a teoria, que o último Lannister foi o vencedor do "jogo dos tronos". Ao menos nas regras originais desta disputa, que mudaram para Bran ascender como governante.

Bran foi escolhido para governar, é coroado - mas assume outra missão pouco depois - Reprodução
Bran foi escolhido para governar, é coroado - mas assume outra missão pouco depois
Imagem: Reprodução

Para completar, Tyrion ainda acaba tendo o poder de governar, mas sem coroa, ao final, quando Bran parte para tentar encontrar Drogon e o deixa no comando dos reinos.

E aí, concorda com a teoria? Deixe sua opinião nos comentários!

Mais Game of Thrones