Topo

Game of Thrones


6 detalhes do fim de "Game of Thrones" que podem ter passado despercebidos

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

2019-05-24T04:00:00

24/05/2019 04h00

Goste ou não do final de "Game of Thrones", uma coisa temos que admitir: ele foi recheado de easter eggs e detalhes do tipo "piscou, perdeu" que são um prato cheio para os fãs da série. Separamos abaixo alguns dos mais legais para você conferir:

As tranças de Daenerys

Reprodução e Montagem/UOL
Imagem: Reprodução e Montagem/UOL

Os dothraki têm uma tradição bem particular: os guerreiros vitoriosos trançam os cabelos. Quanto mais tranças, mais vitórias ele já teve. Daenerys adotou o hábito ao longo da série, e após sua vitória em Porto Real seu cabelo estava mais trançado do que nunca.

O cabelo e o figurino de Sansa em sua coroação

Reprodução e Montagem/UOL
Imagem: Reprodução e Montagem/UOL

Os cabelos também foram uma parte importante da trajetória de Sansa. Ela já adotou estilos semelhantes aos de Cersei, Margeary e sua mãe, Catelyn, dependendo de quem era sua maior influência no momento. Mas em sua coroação como rainha do Norte, as madeixas estão lisas e soltas, como ela nunca havia usado antes - é um reforço do amadurecimento da personagem, que se tornou dona de si.

O figurino da personagem para a sequência também guarda detalhes interessantes: as mangas de seu vestido têm folhas que remetem à árvore-coração do Bosque Sagrado de Winterfell; o vestido tem escamas que fazem referência ao animal que representa os Tully, família de sua mãe; e a coroa tem um lobo, símbolo dos Stark.

O corvo na armadura dos guardas de Bran

Reprodução
Imagem: Reprodução

Novo rei dos Seis Reinos, Bran adotou como brasão um corvo - o que é mais do que apropriado, já que ele é o Corvo de Três Olhos. O animal apareceu rapidamente nas armaduras de Brienne e Podrick.

O texto de Brienne sobre Jaime

Reprodução
Imagem: Reprodução

Chefe da guarda real de Bran, Brienne completou a entrada de Jaime no livro que registra os feitos daqueles que ocupam o posto. Não deu para ler tudo na hora do episódio, mas o texto escrito pela cavaleira era bem elogioso.

Seu final dizia: "Tomou Correrio dos rebeldes Tully, sem perder vidas. Atraiu os Imaculados para a um ataque a Rochedo Casterlyu, sacrificando seu lar em favor de uma estratégia maior. Manipulou as forças Targaryen para conquistar Jardim de Cima. Lutou bravamente na Batalha da Estrada do Ouro, escapando por um triz de ser morto por fogo de dragão. Comprometeu-se com as forças dos homens e foi ao Norte para juntar-se a elas em Winterfell, sozinho. Enfrentou o Exército dos Mortos e defendeu o castelo até a derrota do Rei da Noite. Escapou da prisão e foi ao sul em uma tentativa de salvar a capital da destruição. Morreu protegendo sua rainha."

A ida de Verme Cinzento para Naath

Reprodução/YouTube/Game of Thrones
Imagem: Reprodução/YouTube/Game of Thrones

Ao fim de "Game of Thrones", Verme Cinzento decidiu partir para a ilha de Naath, que tem um significado especial: é o lar de sua amada Missandei, que foi morta a mando de Cersei. No segundo episódio da temporada, ela havia dito que gostaria de retornar ao local para ver novamente suas praias.

Um brasileiro no conselho

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Um dos membros do conselho que consagrou Bran como rei é Robyn Arryn - sim, aquele mesmo que na primeira temporada apareceu mamando nos seios da mãe, Lysa Arryn. Ele é interpretado pelo ator brasileiro Lino Facioli.

Mais Game of Thrones