PUBLICIDADE
Topo

DiCaprio apoia protestos antirracistas e lista organizações para doação

Leonardo DiCaprio, que concorre ao prêmio de Melhor Ator por "Era uma vez em... Hollywood" , no tapete vermelho - REUTERS/Eric Gaillard
Leonardo DiCaprio, que concorre ao prêmio de Melhor Ator por "Era uma vez em... Hollywood" , no tapete vermelho Imagem: REUTERS/Eric Gaillard

Do UOL, em São Paulo

05/06/2020 09h12

Leonardo DiCaprio mostrou seu apoio aos protestos contra o racismo nos Estados Unidos com uma publicação no Instagram. O ator se dispôs a "ouvir, aprender e agir" e listou algumas instituições para as quais estaria fazendo doações.

"Me comprometo a ouvir, aprender e agir. Me dedico ao fim da privação de liberdade da América Negra, que está presente há muito tempo. Apoiarei os indivíduos, organizações e coalizões comprometidos em trazer mudanças a longo prazo", escreveu DiCaprio.

"Eu doarei pessoalmente a cada uma das seguintes organizações. Por favor, junte-se a mim, seguindo e aprendendo com as organizações abaixo", finalizou o ator, citando as entidades Color of Change, Fair Fight Action, NAACP e Equal Justice Initiative.

A onda de protestos e o movimento "Black Lives Matter" nos Estados Unidos começaram após a morte de George Floyd. O homem negro de 40 anos morreu no dia 25 de maio depois de ter sido imobilizado com um joelho sobre o pescoço durante uma abordagem policial violenta na cidade de Minneapolis, no estado norte-americano de Minnesota. Nas imagens que chocaram o mundo, Floyd dizia repetidamente: "Não consigo respirar."

DiCaprio não é a única estrela que se posicionou diante da situação nos EUA. Além do ator, nomes como Jay-Z, Beyoncé, LL Cool J, Spike Lee, Rihanna, Lady Gaga, Ludacris e outros astros também tem contribuído com a causa.

Filmes e séries