PUBLICIDADE
Topo

Jordan Peele apoia ator após protestos pelo fim do racismo policial

O diretor Jordan Peele,de filmes como "Corra" e "Nós" - REUTERS/Eduardo Munoz
O diretor Jordan Peele,de filmes como "Corra" e "Nós" Imagem: REUTERS/Eduardo Munoz

De Universa, em São Paulo

03/06/2020 21h20Atualizada em 04/06/2020 18h01

O diretor Jordan Peele — de filmes como "Corra" e "Nós" — apoiou o ator John Boyega por participar dos protestos contra o racismo policial.

Em discurso, Boyega, que atuou nos últimos filmes da franquia Star Wars, disse que não sabe se terá uma carreira depois de aparecer no meio das manifestações em Londres, entre cartazes e com megafone na mão.

Peele respondeu, dando a entender que prometeu papéis ao ator no futuro: "A gente te garante", escreveu, no Twitter.

"Vidas negras sempre importaram. Nós sempre fomos importantes. Nós sempre significamos algo. Nós sempre vencemos, apesar das dificuldades", disse o ator, em discurso replicado nas redes sociais.

Boyega lembrou a vidas inocentes que foram perdidas precocemente por causa do racismo ao longo da história, e disse que não temia um eventual prejuízo à sua carreira por causa do seu discurso: "Nós somos a representação física do nosso apoio a George Floyd (...). Estou falando para vocês do meu coração. Eu não sei se vou ter uma carreira depois disso, mas fo***se".

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado em uma versão inicial deste texto, Boyega participou de manifestações em Londres, e não nos Estados Unidos. A informação foi corrigida.

Filmes e séries