Topo

Stranger Things


Chernobyl pode aparecer na 4ª temporada de Stranger Things? Teoria diz que sim

Eleven e companhia estão em apuros na terceira temporada de Stranger Things - Divulgação
Eleven e companhia estão em apuros na terceira temporada de Stranger Things Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

10/07/2019 13h08

ATENÇÃO: O texto abaixo contém spoilers da terceira temporada de Stranger Things. Não leia se não quiser saber o que acontece.

A Netflix ainda não confirmou oficialmente uma quarta temporada de Stranger Things, mas vamos ser honestos: ela parece inevitável. Os fãs, é claro, também já começaram a encher a internet de teorias, e uma delas acredita que um novo ano da série poderá estar conectado à tragédia de Chernobyl, em 1986.

No fórum Reddit, um usuário identificado como Gamer_Nation explicou sua ideia notando um padrão: cada uma das temporadas se passa em um ano e em uma estação diferentes. A primeira foi situada no inverno de 1983; a segunda, no outono de 1984; e a terceira, no verão de 1985. Logo, diz ele, a quarta deveria acontecer durante a primavera de 1986.

As datas, claro, levam em consideração as estações no hemisfério norte - e foi justamente durante a primavera de 1986 que ocorreu a explosão do reator da usina nuclear de Chernobyl, resultando no maior desastre nuclear da história.

I figured out season 4 and I hate myself for it. from r/StrangerThings

"Owens disse que eles usam coisas familiares para convencer o público a não analisar de perto acontecimentos estranho. Então, será que um reator nuclear explodiu ou será que El [Eleven, personagem de Millie Bobby Brown] teve a maior batalha de sua vida?", especulou o usuário, citando ainda que a cena pós-créditos da série, que acontece na Rússia.

A teoria ganha alguma possibilidade porque os criadores da série, os Irmãos Duffer, já disseram que uma quarta temporada envolveria portais capazes de transportar os personagens rapidamente para fora de Hawkins, Indiana.

Há, no entanto, alguns problemas aí. Em primeiro lugar, pode cair no mau gosto ligar a série a uma tragédia da vida real, que tirou a vida de milhares de pessoas. Depois, há uma questão mais técnica: a base russa que aparece na cena pós-créditos está em Kamchatka, uma península Rússia que fica a milhares de quilômetros de Chernobyl, o que complicaria toda a questão do deslocamento.

É bem mais provável que o acidente apareça no pano de fundo da história, já que ele se tornou assunto relevante no noticiário da época.

A HBO, vale lembrar, lançou este ano uma elogiadíssima minissérie que reconta a tragédia de Chernobyl, e ela entrou na lista do UOL de melhores séries do primeiro semestre.

Mais Stranger Things