Topo

Oscar


"Pantera Negra" e "Roma" disputam Oscar histórico de melhor filme; veja indicações

Reprodução
Imagem: Reprodução

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

2019-01-22T11:18:02

22/01/2019 11h18

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood fez história com as indicações ao Oscar 2019, nesta terça-feira (22). "Pantera Negra" se tornou o primeiro filme de super-heróis a ser incluído na disputa de melhor filme, e "Roma" foi o primeiro longa da Netflix a ser indicado ao prêmio. O filme do Universo Cinematográfico da Marvel concorre em sete categorias, enquanto a produção de Alfonso Cuarón foi indicada em dez, se firmando como uma das líderes da disputa.

Os dois filmes contam histórias diferentes daquelas que Hollywood costuma premiar: um é uma adaptação dos quadrinhos, situada na África, e o outro relata, em espanhol, a vida de uma empregada doméstica de Roma, bairro da Cidade do México. E ambos vêm de terrenos que, até então, pouco eram reconhecidos pela premiação mais celebrada do cinema.

Produções de heróis sempre foram tradicionalmente relegadas a categorias técnicas, a exceção mais notória sendo o Oscar póstumo de melhor ator coadjuvante recebido por Heath Ledger por seu retrato do Coringa, o rival do Batman, no filme "O Cavaleiro das Trevas", de Christopher Nolan.

O elogiado "Pantera Negra", dirigido por Ryan Coogler e estrelado por Chadwick Boseman, conseguiu romper essa barreira - mas quase ficou relegado a uma categoria de "filmes populares", cuja criação chegou a ser anunciada pela Academia. Após receber fortes críticas do público e da indústria, a instituição voltou atrás, o que certamente foi determinante para a inclusão do filme na disputa de melhor filme.

A Netflix, por sua vez, vinha galgando terreno no Oscar nos últimos anos, mas ainda de forma tímida. Em 2018, a plataforma saiu do evento com a estatueta de melhor documentário, por "Icarus". Que em 2019 a empresa seja a "dona" do título mais comentado da disputa mostra que a Academia perdeu de vez o pudor de indicar as produções vindas de streaming - algo que é objeto de controvérsia em outros eventos tradicionais, como o Festival de Cannes.

"Roma" garantiu indicações nas categorias de melhor diretor (Cuarón), atriz (Yalitza Aparicio) e filme estrangeiro, e lidera a disputa ao lado de "A Favorita", também com dez indicações. A sátira de época sobre a vida privada da rainha britânica Anne é candidata aos prêmios de melhor filme, diretor (Yorgos Lanthimos), atriz (Olivia Colman) e atriz coadjuvante (Emma Stone e Rachel Weisz).

Outros indicados

"Nasce Uma Estrela", a quarta versão da história de amor que comove Hollywood há gerações, arrebatou oito indicações da academia, incluindo filme, atriz (Lady Gaga), ator (Bradley Cooper) e canção original ("Shallow"). Cooper era dado como certo também na disputa entre os diretores, mas foi esnobado pela Academia - talvez por já estar indicado a três prêmios, contando com o de roteiro adaptado e melhor filme (ele está entre os produtores do longa, que tradicionalmente recebem o prêmio na categoria).

Empatados com sete indicações cada estão "Pantera Negra" e "Vice". A cinebiografia do vice-presidente norte-americano Dick Cheney concorre nas categorias de filme, ator (Christian Bale), atriz coadjuvante (Amy Adams) e diretor (Adam McKay).

Diversidade

A diversidade (ou não) dos indicados ao Oscar tem sido uma questão importante em torno da premiação nos últimos anos - e a Academia mostrou que está atenta a isso com as indicações para três produções que tratam, direta ou indiretamente, do racismo: "Pantera Negra", "Green Book - Guia" e "Infiltrado na Klan".

Spike Lee, diretor de "Infiltrado" foi finalmente reconhecido com sua primeira indicação ao Oscar da categoria, na qual concorre também um latino-americano (Cuarón, de "Roma").

Nas disputas de atores, a representatividade ficou por conta Mahershala Ali ("Green Book"), Regina King ("Se a Rua Beale Falasse"), Rami Malek ("Bohemian Rhapsody"), Yalitza Aparicio e Marina DeTavira (ambas de "Roma").

Chamou a atenção de forma negativa, no entanto, a falta de indicações para cineastas mulheres na categoria de direção. Lynne Ramsay ("Você Nunca Esteve Realmente Aqui"), Debra Granik ("Sem Rastros") e Marielle Heller ("Poderia Me Perdoar?") eram consideradas candidatas fortes a uma indicação.

Os vencedores serão conhecidos no dia 24 de fevereiro, em cerimônia no Dolby Theatre, em Hollywood. Excepcionalmente, o evento deste ano não contará com um apresentador, já que o comediante Kevin Hart, inicialmente escalado para a função, renunciou após se recusar a pedir desculpas por publicações homofóbicas que fez no passado. Para remendar a situação, os produtores da premiação pretendem alternar vários artistas na função -- incluindo o elenco de "Vingadores".

Em 2018, o grande vencedor foi o filme "A Forma Da Água", de Guillermo del Toro. Em uma noite que celebrou a diversidade, o filme saiu com quatro estatuetas, incluindo as de melhor filme e melhor diretor. 

Brasil fora do Oscar

O Brasil ficou, mais uma vez, fora da disputa pelo Oscar. O País tinha chances de ser indicado na categoria de melhor animação com "Tito e os Pássaros", de Gabriel Bitar, André Catoto e Gustavo Steinberg, mas não sobreviveu à competição pesada com os blockbusters "Os Incríveis", "WiFi Ralph" e "Homem-Aranha no Aranhaverso". "O Grande Circo Místico", de Cacá Diegues, já havia saído da disputa de melhor filme estrangeiro em dezembro, quando saiu a pré-lista da categoria.

Confira todos os indicados:

Melhor filme

  • "Bohemian Rhapsody"
  • "A Favorita"
  • "Green Book - O Guia"
  • "Infiltrado na Klan"
  • "Nasce uma Estrela"
  • "Pantera Negra"
  • "Roma"
  • "Vice"

Melhor diretor

  • Spike Lee - "Infiltrado na Klan"
  • Alfonso Cuarón - "Roma"
  • Pawel Pawlikowski - "Cold War - Guerra Fria"
  • Yorgos Lanthimos - "A Favorita"
  • Adam McKay - "Vice"

Melhor ator

  • Bradley Cooper - "Nasce Uma Estrela"
  • Christian Bale - "Vice"
  • Rami Malek - "Bohemian Rhapsody"
  • Viggo Mortensen - "Green Book - O Guia"
  • Willem Dafoe - "No Portal da Eternidade"

Melhor atriz

  • Lady Gaga - "Nasce uma Estrela"
  • Glenn Close - "A Esposa"
  • Olivia Colman - "A Favorita"
  • Melissa McCarthy - "Poderia Me Perdoar?"
  • Yalitza Aparicio - "Roma"

Melhor ator coadjuvante

  • Mahershala Ali - "Green Book - O Guia"
  • Adam Driver - "Infiltrado na Klan"
  • Sam Elliott - "Nasce Uma Estrela"
  • Richard E. Grant - "Poderia Me Perdoar?"
  • Sam Rockwell - "Vice"  

Melhor atriz coadjuvante

  • Amy Adams - "Vice"
  • Marina De Tavira - "Roma"
  • Regina King - "Se a Rua Beale Falasse"
  • Emma Stone - "A Favorita"
  • Rachel Weisz - "A Favorita"

Melhor animação

  • "Os Incríveis 2"
  • "Ilha dos Cachorros"
  • "Mirai"
  • "WiFi Ralph"
  • "Homem-Aranha no Aranhaverso"

Melhor filme estrangeiro

  • "Nunca Deixe de Lembrar" - Alemanha
  • "Assunto de Família" - Japão
  • "Cafarnaum" -  Líbano
  • "Roma" - México
  • "Guerra Fria" - Polônia

Melhor roteiro original

  • "A Favorita"
  • "Roma"
  • "Vice"
  • "Green Book - O Guia"
  • "No Coração da Escuridão"

Melhor roteiro adaptado

  • "The Ballad of Buster Scruggs"
  • "Poderia Me Perdoar?"
  • "Se a Rua Beale Falasse"
  • "Nasce Uma Estrela"
  • "Infiltrado na Klan"

Melhor trilha sonora

  • "Pantera Negra"
  • "Se a Rua Beale Falasse"
  • "Ilha dos Cachorros"
  • "Infiltrado na Klan"
  • "O Retorno de Mary Poppins"

Melhor canção original

  • "All The Stars" - "Pantera Negra"
  • "I'll Fight" - "RBG"
  • "The Place Where Lost Things Go" - "O Retorno de Mary Poppins"
  • "Shallow" - "Nasce Uma Estrela"
  • "When a Cowboy Trades His Spurs For Wings" - "The Ballad Of Buster Scruggs"

Melhor documentário de longa-metragem

  • "Free Solo"
  • "Hale County This Morning, This Evening"
  • "Minding the Gap"
  • "Of Fathers and Sons"
  • "RBG"

 Melhor mixagem de som

  • "Pantera Negra"
  • "Roma"
  • 'Bohemian Rhapsody"
  • "O Primeiro Homem"
  • "Nasce Uma Estrela"

Melhor edição de som

  • "Pantera Negra"
  • "Bohemian Rhapsody"
  • "O Primeiro Homem"
  • "Roma"
  • "Um Lugar Silencioso"

Melhor curta de animação

  • "Animal Behaviour"
  • "Bao"
  • "Late Afternoon"
  • "One Small Step"
  • "Weekends"

Curta-metragem live action

  • "Detainment"
  • "Fauve"
  • "Mother"
  • "Marguerite"
  • "Skin"

Melhor documentário de curta-metragem

  • "Black Sheep"
  • "End Game"
  • "Lifeboat"
  • "A Night at the Garden"
  • "Period. End of Sentence."

Melhor edição

  • "Infiltrado na Klan"
  • "Bohemian Rhapsody"
  • "A Favorita"
  • "Green Book - O Guia"
  • "Vice"

Melhor direção de arte

  • "Pantera Negra"
  • "A Favorita"
  • "O Primeiro Homem"
  • "Roma"
  • "O Retorno de Mary Poppins"

Melhor fotografia

  • "Cold War Guerra Fria"
  • "A Favorita"
  • "Roma"
  • "Nasce uma Estrela"
  • "Nunca Deixe de Lembrar"

Melhor efeitos visuais

  • "Vingadores: Guerra Infinita"
  • "Christopher Robin - Um Reencontro Inesquecível"
  • "O Primeiro Homem"
  • "Jogador N. 1"
  • "Solo: Uma História Star Wars"

Melhor figurino

  • "The Ballad of Buster Scruggs"
  • "Pantera Negra"
  • "A Favorita"
  • "O Retorno de Mary Poppins"
  • "Duas Rainhas"

Melhor maquiagem e penteados

  • "Border"
  • "Vice"
  • "Duas Rainhas"