PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Atacada por tuíte racista, Valerie Jarrett desdenha: "Roseanne quem?"

Valerie Jarrett, advogada e ex-assessora de Barack Obama, posa durante o United States of Women Summit, em Los Angeles - Valerie Macon/AFP Photo
Valerie Jarrett, advogada e ex-assessora de Barack Obama, posa durante o United States of Women Summit, em Los Angeles Imagem: Valerie Macon/AFP Photo

Osmar Portilho

Colaboração para o UOL

25/07/2018 17h55

Valerie Jarrett, ex-conselheira de Barack Obama que foi atacada por Roseanne Barr no Twitter, falou pela primeira vez após o episódio. Na ocasião, a atriz escreveu ofensas racistas na rede social, o que culminou no cancelamento de sua sitcom pelo canal ABC.

Jarrett esteve no programa "The View", também da emissora ABC, e desdenhou a apresentadora quando questionada sobre a polêmica. "Roseanne quem?", respondeu com uma risada. "Olha, seriamente falando, como já disse anteriormente, eu estou bem. Estou simplesmente bem", afirmou.

Leia mais:

Em maio, Roseanne escreveu o seguinte comentário em resposta a outras publicações sobre Valerie Jarrett: “Irmandade Muçulmana e 'Planeta dos Macacos' tiveram um filho = vj”. Advogada e ativista, Jarrett é negra e nasceu no Irã, filha de pais americanos.

"Se algum de vocês disser algum desse tipo sobre mim, talvez machuque meus sentimentos, mas não é algo que vai tirar meu sono", explicou.

"O que vai me deixar acordada são aquelas famílias separadas nas fronteira. Nossas crianças vão para a escola sem saber se estão seguras. Essas coisas me deixam sem sono, não um tuíte racista. Tuítes racistas e vídeos profanos não muito", continuou.

Entenda o caso

Em maio, Roseanne Barr havia publicado em seu Twitter: "Irmandade Muçulmana e 'Planeta dos Macacos' tiveram um filho = VJ". Advogada, Jarrett é uma das maiores ativistas negras dos EUA e nasceu no Irã, filha de pais americanos.

LEIA TAMBÉM

Barr, 65, é simpatizante do atual presidente americano, Donald Trump, característica que foi levada para sua personagem na TV. Ela já havia se envolvido em outras controvérsias por causa de seu posicionamento político, e chegou a comparar Chelsea Clinton, filha de Bill e Hillary Clinton, ao burro do filme "Shrek".

A declaração sobre Valerie Jarrett no Twitter causou imediato mal-estar entre espectadores e entre os pares da artista. Ela foi imediatamente demitida e a série "Roseanne", cancelada.

À época, Roseanne se desculpou e chegou a falar que estava tomando remédios que poderiam ter lhe afetado. "Eu peço desculpas a Valerie Jarrett e a todos os americanos. Eu sinto muito por fazer uma piada ruim sobre a posição política e a aparência dela. Eu deveria ter pensado melhor. Me perdoem, a piada foi de mau gosto", escreveu no Twitter. 

Entretenimento