Topo

Filmes e séries

"La Casa de Papel" precisa mesmo de uma nova temporada?

Divulgação
Cena de "La Casa de Papel", da Netflix Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

20/04/2018 04h00

ATENÇÃO: O texto abaixo contém spoilers do final da segunda parte de "La Casa de Papel". Não leia se não quiser saber o que acontece. 

A Netflix pegou assinantes de surpresa na última quarta-feira (18) quando anunciou a terceira parte de “La Casa de Papel”, série que se tornou uma obsessão internacional nos últimos meses. Mas será que ela precisava mesmo de novos episódios?

Do ponto de vista da plataforma de streaming, com certeza. Produzida e exibida originalmente pela emissora espanhola Antena 3, “La Casa de Papel” poderia ter passado despercebida do resto do mundo não tivesse sido adquirida para distribuição internacional pela Netflix. Mas uma vez no extenso catálogo da empresa, a série se tornou um exemplo de sucesso da mais antiga estratégia de divulgação: o boca a boca (ok, com um leve empurrãozinho do algoritmo de personalização, o sistema que te indica o que assistir com base nas outras séries e filmes que você gostou).

Em poucas semanas, uma produção que estreou com pouco alarde, espremida entre a alemã “Dark” e a aguardada quarta temporada de “Black Mirror”, conseguiu ofuscar a concorrência e, com uma velocidade impressionante, garantir seu lugar na cultura pop. Só no Brasil a série inspirou música, fantasias de foliões no Carnaval e até vinheta do “BBB”, um dos destaques da programação da Globo.

Leia também 

O furor veio com um pequeno efeito colateral: muitos espectadores não aguentaram esperar o desfecho da série chegar à Netflix, no último dia 6, e recorreram à pirataria para descobrir seu final. Mas isso parece não ter feito muita diferença para o serviço de streaming, já que “La Casa de Papel” se tornou a série de língua não-inglesa mais vista de sua história.

Com um fenômeno desses nas mãos, estranho seria se a Netflix não tentasse descobrir como aproveitá-la ainda mais. E tampouco se trata do primeiro projeto a passar de minissérie a série: a empresa fez isso com “13 Reasons Why”, assim como a HBO e o canal USA estão fazendo com “Big Little Lies” e “The Sinner” – todas com novas temporadas para este ano ou o próximo.

No que se refere à história em si, porém, os novos episódios não se justificam tanto assim (atenção: há spoilers adiante para quem não está em dia com a série). A segunda parte deu um fim satisfatório ao assalto: o Professor e a maior parte dos ladrões conseguiram escapar e, um ano depois, a inspetora Raquel foi encontrar o amado em uma praia paradisíaca das Filipinas.

Divulgação
O que será que o Professor vai aprontar agora? Imagem: Divulgação

É natural que haja curiosidade em saber o que aconteceu com a vida de todos.  Rio e Tóquio ficaram juntos? Como Mônica e Denver estão se saindo como pais? Nairóbi reencontrou seu filho? Como diabos o Professor saiu do país sendo o homem mais procurado da Espanha? Para responder tudo isso, porém, “La Casa de Papel” teria que adotar um estilo bem diferente, o que provavelmente afastaria quem mergulhou na série atraído por seu ritmo frenético e seus ganchos viciantes.

Há sempre a possibilidade de retratar mais um assalto épico, mas ela esbarra em outro risco: a repetição. E, nesse caso, não ajuda em nada que estejamos falando de uma série que já exibiu 22 episódios, cada um com quase uma hora. Vai ser um desafio para o criador Alex Pina criar novas situações e conflitos que soem originais, e não como um grande “déjà-vu”.

Um novo crime do tipo também impõe um desafio à coerência interna da série, visto que, por trás do original, havia uma motivação pessoal do Professor: o assalto era uma ideia de seu pai, que morreu tentando conseguir os meios para pagar o tratamento do filho, ainda uma criança. O que justificaria um novo assalto agora, um ano (ou mais) depois? Dinheiro com certeza não é a resposta, já que eles imprimiram uma quantia nada módica de euros na Casa da Moeda. Talvez a necessidade de salvar algum colega?

Enfim, o fato é que a nova temporada de “La Casa de Papel” vai acontecer. Resta torcer para que ela acompanhe as expectativas que as duas primeiras partes estabeleceram – e não demore muito para chegar. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!