PUBLICIDADE
Topo

Com muitos cinemas fechados, filme de Woody Allen lidera bilheteria mundial

Elle Fanning e Timothée Chalamet em cena de "Um Dia de Chuva em Nova York" - Reprodução
Elle Fanning e Timothée Chalamet em cena de 'Um Dia de Chuva em Nova York' Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

14/05/2020 09h22

"Um Dia de Chuva em Nova York", de Woody Allen, liderou as bilheterias mundiais no último fim de semana. O filme teve sua estreia cancelada nos EUA por causa da acusação de abuso sexual contra o cineasta, sustentada há décadas pela ex-enteada Dylan Farrow,

Com a maior parte dos cinemas ao redor do mundo fechada por causa da pandemia do novo coronavírus, o filme arrecadou US$ 340 mil em salas na Coreia do Sul, um dos poucos países que já está começando a reabrir estabelecimentos não essenciais. A informação é do Box Office Mojo.

"Um Dia de Chuva em Nova York" ficou a frente de "The Wretched" (US$ 69 mil nos EUA), "La Belle Époque" (US$ 35 mil na Austrália), e da animação "Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica" (US$ 17 mil na Noruega).

Além do cancelamento da estreia nos EUA, "Um Dia de Chuva em Nova York" foi renegado pelos atores que trabalharam na produção. Timothée Chalamet, Selena Gomez e Rebecca Hall se disseram arrependidos por ter trabalhado com Allen.

No longa, o protagonista Gatsby (Chalamet) vai passar um final de semana em Nova York com a namorada, Ashleigh (Elle Fanning). O casal, no entanto, conhece novas pessoas — entre elas, Chan (Gomez) —, e a aventura toma um rumo totalmente diferente do que eles esperavam.