Topo

Oscar


Diretor de Bacurau parabeniza filme rival por escolha para o Oscar: "Feliz por ele"

Kleber Mendonça Filho - Pascal Le Segretain/Getty Images
Kleber Mendonça Filho Imagem: Pascal Le Segretain/Getty Images

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

27/08/2019 13h50

O diretor de Bacurau, Kleber Mendonça Filho, parabenizou o cineasta Karim Ainouz por seu filme, A Vida Invisível, ter sido escolhido pela Academia Brasileira de Cinema para representar o país na corrida pelo Oscar 2020 da categoria melhor filme internacional, anteriormente chamada de melhor filme estrangeiro.

"Karim Ainouz, diretor de A Vida Invisível, é um grande cineasta brasileiro. Feliz por ele. E fica aqui um abraço pro Rodrigo e um beijo para Fernanda Montenegro!", escreveu Kleber Mendonça Filho no Instagram em uma foto ao lado do diretor indicado para representar o Brasil no Oscar.

O anúncio do filme nacional concorrente ao Oscar foi feito hoje na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, durante encontro com jornalistas.

Bacurau repete frustração para Kleber Mendonça Filho

A escolha do Brasil por A Vida Invisível frustra as expectativas da equipe de Bacurau. O diretor Kleber Mendonça Filho também ficou fora da corrida do Oscar três anos atrás, com seu filme anterior, Aquarius.

Na época, o escolhido foi o longa Pequeno Segredo, de David Schürmann, o que levantou suspeitas sobre um possível boicote político na decisão, já que, no Festival de Cannes, a comitiva de Aquarius havia protestado no tapete vermelho contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, classificado como "golpe".

Este ano, atores, diretores e produtores de Bacurau, uma alegoria sobre dominação, violência e resistência, também adotaram postura crítica em relação ao presidente Jair Bolsonaro, e ao que chamam de censura promovida pelo governo federal à Ancine e ao setor audiovisual.

Oscar