Topo

Oscar


SAG Awards critica Academia por pressionar atores a apresentar só no Oscar

REUTERS/Mario Anzuoni
Frances McDormand vence o SAG Awards em 2018, por "Três Anúncios Para Um Crime" Imagem: REUTERS/Mario Anzuoni

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

14/01/2019 16h24

A organização do SAG Awards, premiação concedida pelo sindicato de atores de Hollwyood, acusou a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de pressionar os intérpretes filiados ao sindicato a recusar a proposta de apresentar prêmios que não sejam o Oscar. As informações são do "The Hollywood Reporter".

O SAG Awards, que acontece no próximo dia 27 de janeiro, disse que recebeu "diversas reclamações sobre as deselegantes técnicas de pressão empregadas pela Academia a fim de controlar o fluxo de talento na temporada de premiações".

"Esta é uma época especial do ano, em que atores e atrizes estão sendo apropriadamente celebrados e reconhecidos pela qualidade de seu trabalho. Esperamos que a Academia respeite este objetivo", continuaram.

"Esta intimidação dos membros do SAG [a aparecerem exclusivamente no Oscar] acaba limitando as oportunidades que os atores têm de serem vistos, e honrar o trabalho de seus colegas artistas", disseram ainda. "Os atores deveriam ser livres para aceitar propostas de participação em qualquer celebração da indústria".

Não é a primeira vez na atual temporada de premiações que esta reclamação é levantada. A organização do Globo de Ouro, que é concedido pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, também se queixou dos esforços do Oscar para limitar o número de apresentadores disponíveis.

"Eles fazem isso há anos", disse um membro da organização ao "The Hollywood Reporter". "Nos anos anteriores, conseguimos negociar com eles de forma mais flexível através dos nossos produtores".

As técnicas do Oscar para assegurar apresentadores exclusivos podem ter escalado neste ano graças à falta de um anfitrião central para a cerimônia de 2019. Após a saída polêmica de Kevin Hart, a Academia aparentemente planeja realizar uma festa diferente, em que celebridades "taparão o buraco" do humorista.