Topo

Filmes e séries


Olivia Newton-John diz que "cada dia é um presente" ao enfrentar câncer pela 3ª vez

Olivia Newton-John dá entrevista para o 60 Minutes Australia - Reprodução/YouTube
Olivia Newton-John dá entrevista para o 60 Minutes Australia Imagem: Reprodução/YouTube

Caio Coletti

Do UOL, em São Paulo

06/08/2019 10h32

Olivia Newton-John não está deixando para trás o seu característico otimismo ao enfrentar o câncer pela terceira vez. Em entrevista ao 60 Minutes Australia, a estrela de filmes como Grease: Nos Tempos da Brilhantina disse que "cada dia é um presente" quando a ameaça de uma doença grave paira sobre a cabeça de alguém.

"Eu sou tão sortuda por ter passado por isso três vezes, e continuar aqui", refletiu. "Eu estou vivendo com isso. Estou reforçando minha gratidão".

"Nós sabemos que vamos morrer algum dia, só não sabemos quando. Quando alguém te dá um diagnóstico de câncer, ou qualquer outra doença assustadora, de repente você precisa encarar a possibilidade de que seu tempo é ainda mais limitado. A verdade é que qualquer um pode morrer hoje ou amanhã. Cada dia é um presente".

Newton-John lutou contra o câncer pela primeira vez em 1992, e pela segunda em 2013. Em 2017, no entanto, ela descobriu que a doença estava de volta, e havia se espalhado dos seios para os ossos.

Apesar deste terceiro encontro com o câncer ser mais grave do que os outros, Newton-John ainda acredita que pode superar a doença. "Eu estou ficando forte novamente, estou bem", comentou. "Estou com força total novamente".

"Eu não fico lendo as estatísticas", revelou ainda. "Se você começa a acreditar nelas, você desistiu. Se alguém te diz que você só tem seis meses para viver, é bem possível que você tenha mesmo, porque você acredita nisso. Psicologicamente, para mim, é melhor não ter ideia nenhuma do que esperar".

"Eu tenho minhas formas de lidar com isso. Eu não quero me tornar uma vítima, não sou uma vítima. Tampouco sou uma escrava desta doença, não gosto de ficar falando disso o tempo todo", completou.