Topo

Geek


Exterminador do Futuro: Destino Sombrio será para maiores, revela diretor

Linda Hamilton em "O Exterminador do Futuro 6" - Divulgação
Linda Hamilton em "O Exterminador do Futuro 6" Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Do UOL, em São Paulo

18/07/2019 15h52

O painel de Exterminador do Futuro: Destino Sombrio movimentou a San Diego Comic-Con 2019 na tarde de hoje, trazendo novidades sobre o sexto filme da franquia, que chega aos cinemas em 31 de outubro.

A apresentação foi aberta por James Cameron, diretor dos dois primeiros filmes da saga e produtor do novo capítulo, transmitindo ao vivo direto do set das sequências de Avatar. O cineasta disse que só fez uma exigência para Destino Sombrio: "Eu só produziria se Arnold estivesse a bordo".

A referência é a Arnold Schwarzenegger, astro da franquia desde o primeiro filme, dirigido por Cameron em 1984. O diretor também citou Linda Hamilton, sua ex-mulher e intérprete de Sarah Connor. "Só existe uma Sarah, e é Linda Hamilton!", exclamou.

Em Destino Sombrio, Hamilton retorna ao papel pela primeira vez desde 1991. Muito aplaudida pelos fãs quando entrou no palco, ela disse que precisou pensar muito antes de dizer "sim" para Exterminador do Futuro: Destino Sombrio.

"Eu sentia que os dois primeiros filmes eram ótimos, e queria me aposentar como uma campeã", brincou. "O que me convenceu foi a passagem do tempo. Eu fiquei intrigada. A personagem é a mesma, mas o tempo muda tudo".

Arnold Schwarzenegger em trailer de Exterminador do Futuro: Destino Sombrio - Reprodução
Arnold Schwarzenegger em trailer de Exterminador do Futuro: Destino Sombrio
Imagem: Reprodução

Hamilton ainda arrancou gritos dos fãs quando falou sobre o seu treinamento para ser Sarah Connor. "Eu percebi que não conseguia ser o que eu era antes, porque hoje em dia sou muito melhor", comentou a estrela de 62 anos.

Além de Cameron e Hamilton, o painel contou com a presença do diretor Tim Miller (Deadpool), que revelou que o filme será para maiores de 18 anos. "Temos muitos takes de Linda dizendo 'f*ck' [palavrão equivalente ao f***-se brasileiro], mas nenhum de Arnold. Robôs não falam palavrão", brincou.

"Eu sempre tento pensar como um fã. E, como um fã, eu veria o anúncio de um sexto Exterminador do Futuro com descrença", confessou ainda. "A exceção seria se houvesse algo novo, uma parte da história que não foi contada antes. E essa é a história de Sarah".