Topo

Geek


Diretor de Destino Sombrio detalha o novo Exterminador: "Mais humano do que nunca"

O novo Exterminador, vivido por Gabriel Luna, em cena de Destino Sombrio - Divulgação/IMDb
O novo Exterminador, vivido por Gabriel Luna, em cena de Destino Sombrio Imagem: Divulgação/IMDb

Caio Coletti

Do UOL, em São Paulo

17/07/2019 10h51

Em cada nova sequência da franquia O Exterminador do Futuro, as máquinas enviadas do futuro para caçar os humanos ficam mais avançadas. Não é diferente em Destino Sombrio, sexto filme da saga, que chega aos cinemas em 31 de outubro.

O diretor Tim Miller (Deadpool) conversou com o site da Entertainment Weekly sobre o novo Exterminador, interpretado por Gabriel Luna (Agents of SHIELD). "Este Exterminador não foi feito pela Skynet, mas por algo parecido com a Skynet", revelou.

"Eu tentei manter o personagem de Gabriel bem realista, mas também interessante. Eu acho que as armas e habilidades dele são certas para os nossos tempos, não são ridículas, feitas só pelos efeitos especiais", comentou ainda.

"Ele também é muito mais humano do que os Exterminadores que conhecemos antes, o que faz sentido, porque os computadores estão cada vez mais humanos. Eles nos entendem melhor todos os dias", completou.

Miller também falou sobre a outra personagem "biônica" do filme: Grace, vivida por Mackenzie Davis, um híbrido de humano e máquina que luta pela resistência, e ajuda Sarah Connor (Linda Hamilton) na trama.

"Eu gosto muito da história de origem dela. Joe Abercrombie [novelista e consultor do filme] teve essa ideia sobre uma super soldado do futuro. Não é fácil ser alguém como ela. Ela é a primeira a morrer, a primeira a se sacrificar, o que a torna um personagem interessante", disse.

Hamilton, por sua vez, foi só elogios ao falar sobre a preparação física de Davis para o papel. "Eu espero que ela seja parabenizada tanto quanto eu fui em 1991 [ano de lançamento de O Exterminador do Futuro 2]. Ela realmente se tornou uma guerreira", comentou.