Topo

Geek


Exterminador do Futuro: Nova personagem vai "deixar machistas tremendo de medo"

Mackenzie Davis em Exterminador do Futuro: Destino Sombrio - Divulgação
Mackenzie Davis em Exterminador do Futuro: Destino Sombrio Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

10/07/2019 14h38

No novo Exterminador do Futuro: Destino Sombrio, a atriz Mackenzie Davis estreia na franquia de ficção científica interpretando a personagem Grace. Híbrido de humano e máquina, ela é enviada do futuro para proteger Dani Ramos (Natalia Reyes), alvo de um Exterminador de modelo avançado (Gabriel Luna).

Em entrevista com o site da Variety, o diretor Tim Miller (Deadpool) avisa que Grace é uma personagem forte, que "vai deixar os machistas tremendo de medo". A estreia do longa está marcada para 31 de outubro no Brasil.

Miller foi perguntado sobre as reações negativas que as primeiras fotos do filme, reunindo Grace, Dani e Sarah Connor (Linda Hamilton), receberam. Segundo a Variety, comentários on-line sobre as protagonistas incluíram termos como "feminazis" e outros insultos misóginos.

"Se você é alguém minimamente esclarecido, vai amar [Grace]. Se você é secretamente um misógino, ela vai te deixar tremendo de medo, porque ela é durona, mas muito feminina. Nós não trocamos as características de um gênero pelas de outro, mas ela é muito forte, e alguns caras se assustam com isso", comentou.

"Eu vi algumas respostas negativas às coisas que lançamos. São os trolls da internet. Eu não dou a mínima", garantiu ainda o diretor. Miller ainda esclareceu que a personagem foi criada para completar o "trio clássico" de protagonistas de Exterminador do Futuro.

"Todos os filmes têm um personagem que é o protetor, um personagem como Kyle Reese", comentou. "Joe [Abercrombie, novelista e consultor do filme] teve essa ideia de criar um protetor vindo do futuro, alguém que é meio máquina e meio humano".

"Essas pessoas vivem uma vida dolorosa, tem muitas cicatrizes e usam drogas para lidar com a dor que sentem. Elas não vivem muito. Grace é alguém que está sempre se sacrificando, se arriscando para salvar os outros. Desde o começo de sua concepção, pensamos em uma mulher para o papel", disse ainda.

"Eu queria alguém que pudesse ser imponente fisicamente, mas também sensível como intérprete. A parte emocional era importante. Mackenzie queria muito esse papel, e ela fez tudo o que podia para consegui-lo. Ela trabalhou mais do que todos nós", completou.