Topo

Filmes e séries


Atriz Mira Sorvino, vencedora do Oscar, revela que foi estuprada durante encontro

Getty Images
Mira Sorvino Imagem: Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

2019-06-13T09:08:56

13/06/2019 09h08

A atriz Mira Sorvino, que venceu o Oscar em 1996 pelo filme Poderosa Afrodite, revelou que foi vítima de estupro durante um encontro. A americana falou pela primeira vez sobre o caso durante uma coletiva de imprensa com o governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, onde apoiou mudanças nas leis lidando com crimes de natureza sexual.

Sorvino é uma figura proeminente nos movimentos #MeToo e Time's Up, que denunciam assédio sexual dentro e fora dos ambientes de trabalho, e foi uma das primeiras atrizes a acusar o produtor Harvey Weinstein de assédio.

"Eu estou aqui, diante de vocês, dizendo que não só fui vítima de assédio sexual e agressão nas mãos do Sr. Weinstein, como também sou uma sobrevivente de estupro", declarou Sorvino. As informações são do site do Deadline.

"Eu estou dizendo isso aqui, agora, para tentar ajudar as pessoas. Há muitas sobreviventes como eu por aí que precisam de justiça, e sentem que precisam de um tempo maior para lidar com o trauma e a vergonha associados a um crime como este", continuou, argumentando pelo aumento do prazo de prescrição para assédio e abuso sexual em Nova York.

"Eu posso dizer a vocês que em um caso como o meu, que fui estuprada durante um encontro, há muita vergonha envolvida. Você sente, sempre, que é de alguma forma sua culpa", disse ainda a atriz.

Anteriormente, Sorvino testemunhou que o produtor Harvey Weinstein a assediou durante um projeto em que trabalharam juntos, no ano de 1995. Depois, o diretor Peter Jackson disse em entrevista que, quando considerou escalar Sorvino em O Senhor dos Anéis, Weinstein vetou a ideia e disse que a atriz tinha "um temperamento difícil".