Topo

Filmes e séries


Kevin Spacey aparece de surpresa em julgamento por assédio; saiba as últimas do caso

Kevin Spacey em sua última aparição no julgamento, em janeiro - Nicole Harnishfeger/AFP
Kevin Spacey em sua última aparição no julgamento, em janeiro Imagem: Nicole Harnishfeger/AFP

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

03/06/2019 12h04

Kevin Spacey fez uma aparição surpresa em uma audiência judicial do caso de assédio sexual que corre contra ele nas cortes de Massachusetts (EUA). O ator não aparecia no tribunal desde janeiro, quando o juiz Thomas Barrett decidiu que a presença dele nas audiências não era obrigatória.

O ator, que declarou inocência frente à acusação, não fez comentários à imprensa enquanto se dirigia para o tribunal com seus advogados. Se condenado, Spacey pode pegar até dois anos e meio de cadeia. As informações são do jornal "The Guardian".

No atual ponto do processo, os advogados de Spacey estão lutando para conseguir acesso a uma "cópia inalterada" do celular do seu acusador, o filho da jornalista Heather Unruh. Segundo a âncora de telejornal, Spacey embebedou e tentou apalpar a região genital de seu filho em um restaurante local, o Club Car.

O filho de Unruh trabalhava no estabelecimento como ajudante de garçom, e se aproximou de Spacey após o fim de seu turno para tirar uma foto com o ator. Ele acabou convidando o garoto a se sentar e pagou vários drinques alcoólicos para ele.

Os advogados de Spacey alegam que o acusador apagou várias mensagens de texto de seu celular antes de entregá-lo à polícia como evidência. Os representantes do ator qualificam as acusações como "patentemente falsas", e alegam que os dois "apenas flertaram de maneira consensual".

Spacey continua a caminho de um julgamento público, embora a data não esteja marcada. O juiz Barrett também já pediu que o restaurante onde o caso aconteceu entregue filmagens do circuito de segurança.