Topo

Banda cover de Iron Maiden é multada em R$ 17 mil por show na avenida Paulista

Reprodução/Youtube
A banda cover de Iron Maiden Children of the Beast em show na avenida Paulista Imagem: Reprodução/Youtube

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

2019-05-29T14:15:24

29/05/2019 14h15

Uma banda cover recebeu uma multa de R$ 17.700,42 por ter feito um show na Avenida Paulista, em São Paulo. No ofício recebido pelo grupo Children of the Beast, que toca músicas do Iron Maiden, eles foram acusados de realizar um show sem autorização, ainda que ele tenha feito de forma gratuita no local - famoso por receber artistas livremente.

O baterista Eric Claros relata que o grupo se apresentava, quando um oficial da Guarda Civil Metropolitana pediu documentos e fez alguns pedidos à produção.

"A gente tocou lá e um oficial da GCM pediu o RG do nosso roadie. A gente estava tocando, então não dava para parar de tocar. Ele falou: 'Você está com eles? Então me dá seu RG, precisa abaixar o volume e tirar os praticáveis de bateria'. O roadie chegou pra gente, tiramos a estrutura de bateria, abaixamos o volume e nos deixaram continuar", conta Claros. Eles se apresentaram em frente ao parque Trianon.

"Eles não impediram, não falaram nada, não apreenderam instrumentos. Mas com esse RG, ele mandou uma multa para casa do nosso roadie. Foi na sacanagem, ele deixou a gente tocar para aplicar uma multa depois", criticou o baterista.

De acordo com a banda, todo o equipamento estava montado na calçada, apenas com o praticável de bateria como estrutura - que foi retirada no meio do show após o pedido da guarda civil.

Reprodução/Youtube
A banda cover de Iron Maiden Children of the Beast retira tablado da bateria durante o show Imagem: Reprodução/Youtube

Em um post no Facebook, a Children of the Beast deu sua explicação. "Realizamos nossa apresentação buscando nos enquadrar nos termos da Lei do Músico de Rua, Lei 15.776 (29/05/2013). Fomos multados por ter atraído um público acima do esperado? Por tocar Heavy Metal? Não sabemos ainda. Como todo domingo, dezenas de bandas se apresentam pelas calçadas da avenida sem maiores problemas", diz o comunicado.

"Na multa diz que a infração foi a 'realização do evento sem respectiva autorização emitida pela Municipalidade'. Porém, como consta na lei 15.776, não existe a necessidade de autorização para se apresentar no logradouro público", pontua a banda cover, que critica não ter sido advertida, notificada ou ter instrumentos apreendidos, itens anteriores à aplicação de uma multa.

A subprefeitura da Sé foi procurada pela reportagem para esclarecer a multa, mas não respondeu até o momento. Ao "SP1", da Rede Globo, foi alegado que shows com mais 250 pessoas de público precisam de alvará para serem realizados.

O grupo vai recorrer da decisão, a princípio com os trâmites da própria prefeitura, e, caso perca a causa, vai entrar com um processo judicial. Os músicos devem iniciar uma campanha de financiamento coletivo para arcar o valor da multa, caso fique confirmada a punição.

Mais Rock