Topo

Filmes e séries


"Rocketman", sobre Elton John, é 1º filme de grande estúdio com cena de sexo gay

Reprodução/YouTube
Taron Egerton em "Rocketman" Imagem: Reprodução/YouTube

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

2019-05-17T09:04:04

17/05/2019 09h04

Assim como o seu biografado, "Rocketman" chegou para quebrar tabus. O filme, que aborda a vida do ícone da música Elton John e chega aos cinemas em 30 de maio, é a primeira produção de um grande estúdio de Hollywood a incluir uma cena de sexo gay. A informação é do site do The Hollywood Reporter.

A matéria aponta que outros longas recentes, como "Me Chame Pelo Seu Nome" e "O Segredo de Brokeback Mountain", incluíram casais homossexuais em momentos íntimos. No entanto, estes e outros títulos foram lançados por selos independentes, como Focus Features e Sony Pictures Classics.

"Rocketman", por sua vez, é bancado pela Paramount, um dos cinco grandes estúdios comerciais remanescentes em Hollywood. Antes do filme, nenhum lançamento dos concorrentes Disney, Warner, Universal e Sony incluiu uma cena de sexo gay.

A biografia de Elton John foi exibida na noite de ontem no Festival de Cannes, e os críticos puderam confirmar que há várias cenas que exploram a sexualidade do biografado. O destaque é um momento quente entre Taron Egerton (que vive John) e Richard Madden (seu empresário e amante, John Reid).

Apesar de rumores de conflito entre o estúdio e o diretor sobre a permanência das cenas de sexo no filme, Dexter Fletcher (que também finalizou "Bohemian Rhapsody" após a saída de Bryan Singer) confirmou que o diálogo com a Paramount foi "totalmente normal", e que a decisão final ficou em suas mãos.

O astro Egerton, por sua vez, já se disse "orgulhoso" das cenas quentes de "Rocketman", e disse não ver diferença entre gravar uma cena de sexo gay e uma heterossexual. "Não é algo confortável, não importa com quem você esteja fazendo", brincou.