Topo

Filmes e séries


Diretor Bryan Singer é demitido do reboot de "Guerreiros de Fogo", diz site

O cineasta Bryan Singer  - Jason LaVeris/FilmMagic
O cineasta Bryan Singer Imagem: Jason LaVeris/FilmMagic

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

13/03/2019 21h44

O diretor Bryan Singer, que recentemente se envolveu em novas acusações de assédio, foi demitido do reboot de "Guerreiros de Fogo". As informações são do THR.

Um novo nome ainda não foi anunciado pela produtora Millenium Films.

Segundo o site, a saída do cineasta foi ordem de Avi Lerner, presidente da produtora, que inicialmente o havia defendido após classificar as novas denúncias contra Singer de "fake news" -- a declaração foi retratada mais tarde.

O THR diz que, por conta da afirmação do CEO e das polêmicas envolvendo o nome do diretor, nenhuma distribuidora quis veicular o filme nos Estados Unidos.

Singer, responsável pelo premiado "Bohemian Rhapsody", também foi demitido da cinebiografia do Queen faltando poucas semanas para o término das filmagens por desavenças com a equipe.

O "Guerreiros do Fogo" original foi estrelado por Brigitte Nielsen e Arnold Schwarzenegger em 1985. O enredo mostra a jovem Sonja em uma jornada para roubar um talismã poderoso para vingar o assassinato de seus pais.

O roteirista do novo projeto será Ashley Miller ("X-Men: Primeira Classe") e o filme não tem data de lançamento.