PUBLICIDADE
Topo

Humorista Rosie O'Donnell revela que foi abusada sexualmente pelo pai

A atriz Rosie O"Donnell - ANGELA WEISS/AFP
A atriz Rosie O'Donnell Imagem: ANGELA WEISS/AFP

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

13/03/2019 15h00

A comediante e atriz Rosie O'Donnell revela no livro "Ladies Who Punch: The Explosive Inside Story of 'The View'" que foi abusada sexualmente pelo pai quando ainda era criança.

"Começou muito cedo", conta Rosie em depoimento para Ramin Setoodeh. "E depois que minha mãe morreu [quando ela tinha 10 anos], ficou um clima estranho, porque ele tinha cinco crianças para cuidar."

"No geral, não é algo que eu goste de falar. Claro que muda qualquer um. Qualquer criança colocada nesta posição, especialmente por alguém da família, se sente completamente impotente e presa, porque a pessoa para quem você contaria [o que aconteceu] é a mesma que está fazendo isso", completa.

O pai da humorista, Edward Joseph, morreu em 2015. Mesmo sem ter falado abertamente sobre seu caso, Rosie vem ajudando vítimas de abuso há décadas, denunciando nomes importantes da indústria como Bill Cosby e Roman Polanski.

Ela foi uma das primeiras figuras públicas a defender Dylan Farrow, que em 2014 escreveu um carta aberta ao New York Times acusando o pai, Woody Allen, de ter cometido abuso sexual quando ela tinha apenas sete anos.

Escrito por Ramin Setoodeh, o livro "Ladies Who Punch: The Explosive Inside Story of 'The View'" vai apresentar os bastidores do programa "The View" e explorar a vida de quem passou pelo projeto, que vai ao nos Estados Unidos desde 1997 em que mulheres discutem temas gerais da sociedade. A obra será lançada em 2 de abril.

Rosie O'Donnell é mais lembrada pelo talk show "The Rosie O'Donnell Show", mas ela também estrelou filmes como "Sintonia de Amor", "Tarzan" e "Os Flintstones: O Filme". Seu último trabalho foi na série "Smilf".