PUBLICIDADE
Topo

Atriz Lori Loughlin se entrega à polícia em caso de fraude

Lori Loughlin, famosa por papel em "Três é Demais" - Getty Images
Lori Loughlin, famosa por papel em "Três é Demais" Imagem: Getty Images

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

13/03/2019 13h14

A atriz Lori Loughlin, famosa por seu papel em "Três É Demais", entregou-se à polícia, em meio ao caso de suborno no qual é investigado. Ela e mais cerca de 50 pessoas, incluindo outra atriz, Felicity Huffman, são acusados de fraude ao pagarem para que seus filhos fossem aprovados em universidades norte-americanas.

De acordo com o site Deadline, Loughlin se entregou hoje e deverá ser ouvida por um juiz durante a tarde. Seu marido, Mossimo Giannulli, também foi preso, ontem, mas pagou uma fiança de US$ 1 milhão para ser liberado.

Loughlin estava filmando em Vancouver (Canadá) a série "When The Heart Calls", até ontem. Ela voou até Los Angeles para se entregar, onde Giannulli fazia sua aparição frente a uma corte.

Felicity Huffman pagou US$ 250 mil para ser liberada sob fiança ontem.

As investigações estão centradas em um homem da Califórnia que "ajudava estudantes a entrar na universidade". A polícia informou que os pais pagavam para essa pessoa tendo pleno conhecimento do que ele estava fazendo.

Lori e seu marido Mossimo Giannulli foram acusados de pagar US$ 500 mil para a USC em troca das duas filhas serem aprovadas na equipe da universidade, embora elas não participassem do grupo.

Já Felicity Huffman - de "Desperate Housewives" e seu marido, o ator William H. Macy (indicado ao Oscar em 1997 de melhor ator coadjuvante por "Fargo"), teriam pago US$ 15 mil para que a filha mais velha fosse aprovada. Eles também tentaram fazer o mesmo esquema para a filha mais nova, mas desistiram.