Topo

Filmes e séries


Paris Jackson reage a doc acusando o pai, Michael Jackson, de abuso

Getty Images
Paris Jackson Imagem: Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

2019-03-07T09:52:34

07/03/2019 09h52

Paris Jackson comentou pela primeira vez sobre o documentário "Deixando Neverland", que tem criado polêmica ao acusar Michael Jackson, seu pai, de abuso sexual. No Twitter, ela pediu calma aos fãs e disse que eles não deveriam ligar tanto para as "mentiras" divulgadas por tabloides.

Tudo começou quando o site "Gay Star News" reportou que Paris estava preocupada com o impacto que o documentário poderia causar em sua carreira. A modelo, atriz e cantora respondeu: "Vocês levam minha vida muito mais a sério do que eu mesma".

"Eu sei que injustiças são frustrantes, e é fácil se irritar", continuou. "Mas reagir com uma mente calma é frequentemente melhor do que agir raivosamente. Além disso, faz bem dar uma relaxada".

"Fumem um pouco de maconha e pensem sobre o cenário maior. Relaxem, meus amigos", completou. "Se todo mundo reagisse dessa forma a artigos como este, os veículos parariam de inventar mentiras, e começariam a fazer notícias de verdade".

Em "Deixando Neverland", que já foi ao ar na HBO norte-americana e deve chegar ao Brasil, em dois episódios, nos próximos dias 16 e 17 de março, dois rapazes recontam suas supostas experiências de abuso com o cantor Michael Jackson.

James Safechuck e Wade Robson dizem ter começado relacionamentos de natureza sexual com Jackson quando tinham entre 7 e 11 anos de idade.