Topo

Entretenimento


Benjamin Brafman, principal advogado de Harvey Weinstein, deixa o caso

Harvey Weinstein deixa o tribunal ao lado de seu advogado Benjamin Brafman  - Spencer Platt/Getty Images/AFP
Harvey Weinstein deixa o tribunal ao lado de seu advogado Benjamin Brafman Imagem: Spencer Platt/Getty Images/AFP

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

17/01/2019 20h05

Harvey Weinstein, produtor de cinema que está sendo julgado nos Estados Unidos após múltiplas acusações de assédio sexual e estupro, perdeu seu principal advogado de defesa nesta quarta-feira (17). A saída de Benjamin Brafman foi oficializada em uma nota divulgada por ambas as partes e teria sido "amigável".

O advogado de Los Angeles Blair Berk segue no caso, mas Harvey Weinstein deve divulgar uma nova equipe de defesa para seu caso na próxima semana.

Por causa da mudança, o julgamento marcado para maio pode atrasar. Caso seja condenado, Harvey Weinstein pode pegar até mesmo prisão perpétua.

O influente produtor de Hollywood foi acusado por mais de 80 mulheres de condutas sexuais inapropriadas, incluindo Angelina Jolie e Ashley Judd. Mas ele insiste que todas as suas relações sexuais foram consensuais e permanece livre após o pagamento de uma fiança de US$ 1 milhão (cerca de R$ 3,9 milhões).

O escândalo, no entanto, acabou com sua carreira e as denúncias contra ele se transformaram nas primeiras de uma série de acusações contra outros homens poderosos de Hollywood, da indústria da mídia e outros setores.

Leia o comunicado na íntegra:

"Harvey Weinstein e seu advogado de defesa Benjamin Brafman concordaram em romper e o Sr. Weinstein autorizou o Sr. Brafman a notificar formalmente o juiz Burke de sua decisão de se retirar como conselheiro do Sr. Weinstein em relação a todas as questões legais atualmente pendentes.

Ambas as partes concordaram em romper amigavelmente e o Sr. Brafman concordou em cooperar totalmente com o novo advogado do Sr. Weinstein, a fim de garantir uma transição ordenada.

Weinstein elogiou Brafman por seu trabalho até o momento e Brafman reiterou sua crença de que Weinstein será exonerado das acusações que foram feitas contra ele. Brafman pessoalmente desejou boa sorte sorte.

Weinstein pretende apresentar sua nova equipe jurídica no início da próxima semana.

Não haverá comentários adicionais."

Entretenimento