PUBLICIDADE
Topo

Corpo de Arnaldo Saccomani é enterrado em Embu das Artes (SP)

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/08/2020 22h12Atualizada em 27/08/2020 22h31

O corpo do produtor musical Arnaldo Saccomani foi sepultado na tarde de hoje no Memorial Parque Paulista em Embu das Artes, na região metropolitana de São Paulo. Saccomani morreu em sua casa em Indaiatuba (SP), na madrugada de hoje, em decorrência de insuficiência renal.

A cerimônia contou com a presença de familiares e amigos, como Mara Maravilha e seu marido Gabriel Torres. Durante o evento tocaram músicas de artistas com quem o produtor trabalhou, como o grupo Sorriso Maroto, em uma singela homenagem.

Saccomani já havia apresentado um quadro de instabilidade de saúde no ano passado, quando foi internado e e diagnosticado com uremia, que é o excesso de ureia no sangue, em decorrência da falha dos rins. Ele deixa a mulher, Vera, e duas filhas, Thais e Julia.

Despedida

Ao UOL, Thais afirmou que o pai teve uma morte tranquila. "Faleceu nos meus braços. Cantei uma música que a gente compôs juntos, quando tinha 15 anos, nosso maior sucesso, 'Sorria', do Travessos. E neste momento ele deu os suspiros finais", disse.

Além da doença renal, a filha também contou que o pai havia passado por momentos "emocionalmente ruins" durante a pandemia do novo coronavírus. "Mexeu com todo mundo, com ele também. Ele era um homem muito ativo, mente ativa, aliás brilhante, e se viu neste cenário."

O jurado de programas como "Ídolos" e "Qual É o Seu Talento" morreu apenas três dias depois de seu aniversário de 71 anos.