PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Felipe Neto contra-ataca e afirma ter derrubado mais de mil vídeos na web

Felipe Neto fala sobre novos ataques de fake news que envolvem seu nome - Reprodução/Instagram
Felipe Neto fala sobre novos ataques de fake news que envolvem seu nome Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboação para o UOL, em São Paulo

28/07/2020 15h10

A batalha digital que Felipe Neto enfrenta ganhou mais um capítulo. Na tarde de hoje, o youtuber revelou que sua equipe começou um processo de denúncia de conteúdos que ligam sua imagem à pedofilia, e derrubou mais de mil vídeos atrelados ao tema em um só dia.

"Ontem (27/07) nossa equipe derrubou 1.247 vídeos enviados para Facebook e Instagram com informações caluniosas sobre mim, a maioria com acusações de pedofilia. Hoje, até 14h, já foram 664 vídeos derrubados. Cada 1 vídeo desse tem potencial de atingir milhares-milhões de pessoas", escreveu.

Ontem, o nome do youtuber chegou a ser um dos assuntos mais comentados no Twitter durante todo o dia. De um lado, usuários protestando contra o seu trabalho. Do outro, pessoas defendendo-o dos ataques digitais. Entre eles, alguns outros famosos se destacaram, como a jornalista Gabriela Prioli. "Isso que está acontecendo com o Felipe Neto é inadmissível e os responsáveis pela criação e propagação do conteúdo, bem como quem financia essa estrutura, devem ser responsabilizados", escreveu.

O apresentador Luciano Huck também se pronunciou sobre o assunto. "Covardia, bullying, desrespeito...nada disso é tolerável. Felipe Neto é voz corajosa nas redes. Goste-se ou não dele, temos de defender quem renova o debate público. Se nossa geração quer deixar como legado um país mais afetivo e eficiente, temos de participar mais", escreveu.

Em junho, o influencer chegou a afirmar que iria levar toda a situação para a Justiça. "Todos os influenciadores, blogueiros e tuiteiros de extrema-direita que estão associando a minha imagem e do meu irmão a qualquer assunto relacionado à pedofilia terão a oportunidade de provar isso na Justiça", disse na ocasião, defendendo que as acusações são disseminação de notícias falsas.

Entretenimento