PUBLICIDADE
Topo

Fãs de k-pop inundam tag racista com vídeos de grupos e ativistas agradecem

O grupo de k-pop Monsta X se apresenta em um festival na Philadelphia, nos Estados Unidos - Mike Pont/Getty Images for iHeartMedia
O grupo de k-pop Monsta X se apresenta em um festival na Philadelphia, nos Estados Unidos Imagem: Mike Pont/Getty Images for iHeartMedia

Do UOL, em São Paulo

03/06/2020 09h20

Os fãs de k-pop no Twitter continuam mostrando apoio às lutas antirracistas que eclodiram em protestos pelos EUA após a morte do segurança negro George Floyd, que foi asfixiado por um policial branco. Após derrubar um app da polícia que serviria para denúncia de ativistas em protestos, eles agora foram responsáveis por "afundar" uma hashtag racista.

Quando a tag #WhiteLivesMatter ("vidas brancas importam") apareceu no Twitter em resposta ao slogan "Black Lives Matter" ("vidas negras importam"), usado por muitos ativistas nas linhas de frente dos protestos, os fãs de grupos como BTS e Monsta X, entre outros, começaram a postar vídeos de seus cantores favoritos (chamados de "fancams") usando a marcação.

O objetivo era "afogar" os posts racistas com tuítes que não tinham nada a ver com o ativismo, escondendo assim as manifestações contra os protestos. "Até agora não acredito que algum lixo racista tentou começar essa tag. Não enquanto estamos aqui", escreveu um dos participantes.

"A pessoa que fez essa tag logo antes de perceber que ela foi invadida por fãs de k-pop", brincou outra, usando um vídeo para ilustrar seu tuíte.

Reação

Em resposta ao esforço dos "k-poppers", ativistas no Twitter agradeceram e brincaram até que podiam "dormir tranquilos", sabendo que os fãs do gênero estariam trabalhando para ajudá-los nesta luta.

"Bom, parece que eu não vou mais tirar sarro do k-pop. Muito bem, pessoal", escreveu um.

Teve até gente usando uma cena de "O Senhor dos Anéis" para a situação, com o anão Gimli dizendo que "nunca imaginou que morreria lutando ao lado de um fã de k-pop".

"Eu estava pronto para chegar xingando todo mundo, mas vi que os fãs de k-pop estão destruindo essa hashtag. Nunca pensei que ficaria feliz em ver uma fancam", brincou mais um.

Sobrou até para o vilão Thanos, de "Vingadores: Ultimato", que apareceu em um meme dos ativistas dirigido para os fãs de k-pop dizendo: "Talvez eu tenha lhe julgado demais".