PUBLICIDADE
Topo

Logan Williams morreu de overdose de opioides após 3 anos de vício, diz mãe

O ator Logan Williams - Reprodução
O ator Logan Williams Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

16/05/2020 13h38

Resumo da notícia

  • Pouco mais de um mês após a morte de Logan Williams, da série "Flash", sua mãe quebrou o silêncio
  • Marlyse Williams revelou que exames toxicológicos mostraram que o filho, que tinha de 16 anos morreu de uma overdose de fentanyl, um opioide
  • Ele já lutava havia três anos contra a dependência deste tipo de medicamento, apesar de isso nunca ter vindo a público.
  • "Sua morte não será em vão. Ele vai ajudar muita gente que está nesta mesma jornada", afirmou ela
  • Marlyse afirma que teve que se endividar para poder pagar clínicas de tratamento para o filho: "Fiz tudo que uma mãe poderia fazer"

A mãe do ator Logan Williams, conhecido por trabalhar na série "Flash" e em "Supernatural", falou abertamente pela primeira vez sobre a morte do filho aos 16 anos, no começo de abril. Marlyse Williams revelou que exames toxicológicos mostraram que o filho morreu de uma overdose de fentanyl, um opioide.

Ele já lutava havia três anos contra a dependência deste tipo de medicamento, apesar de isso nunca ter vindo a público.

"Sua morte não será em vão. Ele vai ajudar muita gente que está nesta mesma jornada", afirmou ela, ao New York Post. Segundo Marlyse, a família conseguiu manter a dependência "por baixo dos panos para evitar julgamento, embaraços e críticas".

Ela afirma que teve que se endividar para poder pagar clínicas de tratamento para o filho.

"Fiz tudo o que era humanamente possível, tudo o que uma mãe podia fazer. Ele me disse: 'Mãe, vou ficar limpo, vou ser melhor. Quero começar uma nova vida'", desabafou ela.

A morte

Logan Williams interpretou o jovem Barry Allen na série "The Flash" e também trabalhou em "Supernatural". Ele morreu no dia 2 de abril, poucos dias antes do aniversário de 17 anos.

Sua morte precoce, aos 16 anos, ganhou um contorno mais dramático, já que ela não pôde velar o filho com a família por causa das restrições de distância física do coronavírus.

Ela disse que — como pode apenas conversar por telefone, mídia social e e-mail — está de luto sozinha. "Não consigo abraçar meus pais que perderam o único neto. É difícil", disse Williams.

Geek