PUBLICIDADE
Topo

Cinemas japoneses começam reabertura; salas em Tóquio seguem fechadas

Redes do Japão informaram que a reabertura será com medidas de segurança e distanciamento social - Getty Images
Redes do Japão informaram que a reabertura será com medidas de segurança e distanciamento social Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

13/05/2020 09h47Atualizada em 13/05/2020 10h49

O Japão irá reabrir seus primeiros cinemas esta semana após o fechamento em abril devido à pandemia do novo coronavírus. A capital do país, Tóquio, Osaka e outros grandes centros populacionais ainda não poderão abrir seus espaços em razão do bloqueio exigido pelo governo que continua nessas regiões.

É o caso da Toho Cinemas, maior rede do país que tem o terceiro maior mercado de bilheteria do mundo, que confirmou a reabertura de 10 salas de cinema na sexta-feira (15) em regiões com os menores números de casos de covid-19.

Segundo o Deadline, a Toho também informou que a reabertura contará com diversas medidas preventivas contra o coronavírus, como a utilização de luvas e máscaras pelos funcionários da rede e a presença de máquinas digitais para a compra de bilhetes. O distanciamento ocorrerá dentro das salas. Segundo a empresa, a cada assento vendido, terá um assento vazio ao lado.

A Aeon Cinemas, outra importante rede de cinema do país, disse que retomará suas operações a partir do dia 18 de maio com medidas de segurança. A abertura será em 27 cinemas espalhados por 16 regiões do país. Ambas redes não informaram quais filmes entrarão em cartaz.

O processo de reabertura de cinemas pelo mundo começou recentemente. A China, segunda maior bilheteria do mundo, anunciou no último fim de semana que os cinemas do país poderão reabrir com as medidas de segurança necessárias.

A Noruega também permitiu a reabertura de cinemas após bloqueios devido ao novo coronavírus. Com a permissão do governo, cerca de 30 cinemas reabriram as portas, o que representa 6% do total do setor.