PUBLICIDADE
Topo

De Volta para o Futuro: roteirista rebate James Gunn sobre 'furo' na trama

Cena de "De Volta Para o Futuro" (1985) - Divulgação
Cena de "De Volta Para o Futuro" (1985) Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

23/04/2020 10h59

O roteirista Bob Gale entrou no debate sobre um suposto furo em "De Volta para o Futuro", clássico do cinema escrito por ele em 1985. A história começou quando o diretor James Gunn ("Guardiões da Galáxia") apontou o "erro" no Twitter.

"'De Volta para o Futuro' poderia ser considerado imperfeito — por que a mãe e o pai de Marty não se lembram dele?", escreveu o cineasta, argumentando a seguir que "há outras razões" para ignorar o suposto furo e gostar do filme mesmo assim.

Para Gunn, é estranho pensar que os pais do protagonista (Michael J. Fox) não percebam que o seu filho e o jovem que os juntou no ensino médio são a mesma pessoa. Na trama, Marty viaja para o passado e ajuda seus pais a engatarem um romance.

Procurado pelo The Hollywood Reporter, o roteirista Gale argumentou que a maioria das pessoas não conseguiria se lembrar tão bem, ou não daria importância, para um colega de escola que passou pouco tempo com eles na adolescência.

"Vale lembrar que George e Lorraine conviveram com Marty, ou Calvin [nome que ele usou no passado], por seis dias, quando tinham 17 anos de idade, e nem mesmo passaram o tempo todo com ele nesses seis dias", disse.

"Pode até ser que eles se lembrem daquele cara que os ajudou a ter seu primeiro encontro, mas quão boa é a sua memória sobre aquele cara que passou por sua escola rapidamente, mesmo que seja só por um semestre? Alguém com quem você saiu só uma vez", continuou.

"Sem uma referência fotográfica, depois de 25 anos, a sua memória provavelmente é bem vaga. Então, Lorraine e George podem até achar curioso que seu filho seja meio parecido com aquele cara de quem eles se lembram vagamente, mas não dão muita importância a isso", completou.

O argumento de Gale se alinha com o do ator Chris Pratt (astro de "Guardiões da Galáxia"), que respondeu o tuíte original de James Gunn ontem. "Talvez eles se lembrem de Calvin, e já tenham notado a semelhança de Marty com aquele cara do ensino médio de 20 anos atrás", escreveu.