PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Após ser adiado, Festival de Cannes de 2020 é cancelado por coronavírus

Cidade de Cannes tem ruas vazias há semanas pela quarentena da covid-19 - Francois Lochon
Cidade de Cannes tem ruas vazias há semanas pela quarentena da covid-19 Imagem: Francois Lochon

Do UOL, em São Paulo

03/04/2020 08h29

A pandemia da covid-19 acabou por definir hoje o cancelamento do festival de publicidade de Cannes deste ano. Após ser adiado inicialmente de junho para outubro, a organização decidiu cancelar a edição de 2020, remarcando a próxima cerimônia para junho de 2021.

A França está no grupo dos três países europeus que mais sofrem com o coronavírus, já ultrapassando os 4 mil mortos. A situação só é pior na Itália e Espanha.

O festival foi remarcado para o período entre 21 e 25 de junho do ano que vem. O cancelamento definitivo veio, segundo a organização, porque a evolução da pandemia mudou as prioridades atuais até na indústria publicitária.

"Ficou claro para nós que as prioridades dos nossos parceiros se tornaram a necessidade de proteger pessoas, de servir os consumidores com itens essenciais e focar na preservação de empresas, sociedade e economias", explicou a organização em comunicado.

O Palais des Festivals, que recebe a cerimônia de cinema do festival de Cannes, já está sendo usado para abrigar sem-teto há quase duas semanas. Entre 50 a 70 pessoas usam o salão como abrigo todas as noites, além de buscarem alimentação e condições melhores de higiene.

Os 67 milhões de habitantes da França estão sob quarentena nas últimas semanas e vão permanecer assim até no mínimo o próximo dia 15, quando as medidas de distanciamento social podem ser reavaliadas.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado no primeiro parágrafo desta matéria, o festival de Cannes cancelado foi o de publicidade, não o de cinema. A informação já foi corrigida.

Entretenimento