PUBLICIDADE
Topo

Keith Richards diz que conseguiu largar o cigarro

Keith Richards - Rich Fury/Invision/AP
Keith Richards Imagem: Rich Fury/Invision/AP

Do UOL, em São Paulo

07/02/2020 12h11

Keith Richards disse uma frase que virou manchete em 2019, ao opinar que largar o cigarro é mais difícil do que deixar de consumir heroína. Um ano depois, o guitarrista dos Rolling Stones afirmou que enfim está livre da nicotina.

Ele fez a revelação à rádio Q104.3, de Nova York. "Eu parei de fumar... desde outubro. "Está feito, passei por isso", afirmou o britânico.

Keith vinha numa fase mais limpa e já havia contado que reduziu muito o álcool e parou de usar outras drogas pesadas.

Em entrevista à Mojo, em 2019, Richards afirmou que tinha dificuldades de largar o cigarro. "Largar a heroína é um inferno. Mas é um pequeno inferno. Cigarros estão sempre ali, é algo que sempre fiz. Eu apenas pego e acendo, sem nem pensar no que estou fazendo", disse ele, à época.

"Ultimamente, na verdade - e pode espalhar a notícia - eu cortei substancialmente a quantidade de cigarros que fumo por dia. Eu dei uma cortada nas coisas pesadas. Eu tomo um pouco de vinho nas refeições e uma Guinness ou uma ou duas outras cervejas", descreveu ele.

Aos 76 anos, ele está próximo a embarcar para mais uma turnê com os Rolling Stones, agora pelos Estados Unidos, com dez datas em maio e junho.

"Eu acho que na última turnê, eu e Mick [Jagger] sentimos que apenas estávamos começando... Nós temos que continuar isso. Escolhemos fazer uma turnê mais curta, mas estou bem com isso, assim, fica uma continuação dos shows do último ano", disse ele.

Recentemente, Mick Jagger afirmou que o grupo está trabalhando em novas músicas para um álbum.

Rock