PUBLICIDADE
Topo

Funcionário roubou R$ 190 mil em itens dos sets de Harry Potter para vender

Tour pelos estúdios de Harry Potter na Inglaterra - CARL COURT/AFP
Tour pelos estúdios de Harry Potter na Inglaterra Imagem: CARL COURT/AFP

Do UOL, em São Paulo

06/01/2020 19h32

Ex-funcionário dos estúdios de Harry Potter, que continuam abertos para visitação até hoje na Inglaterra, Adam Hill roubou itens avaliados em 36.935 libras (quase R$ 200 mil) que estavam nos sets da franquia do bruxo mais famoso do cinema. Ele acaba de ser condenado a 14 meses de prisão, além de outros 18 meses de suspensão e 250 horas de trabalho voluntário.

Os outros empregados do estúdio só descobriram o que estava acontecendo quando notaram que havia uma pilha de objetos se acumulando sob a mesa de Adam. Estes itens surgiam debaixo da escrivaninha, se acumulavam e logo desapareciam.

Dentre os itens roubados, estavam varinhas, gravatas e brasões das casas de Hogwarts. Uma investigação interna apontou que o agora ex-funcionário vendeu 1.040 itens de Harry Potter em sua conta do "eBay" - e seu carro ainda tinha 12 pacotes prontos para serem enviados.

"Em uma significativa quebra de confiança, Adam Hill teve a audácia de roubar milhares de libras em produtos da Warner Bros em plena luz do dia, diante de seus colegas", disse o promotor Jan Muller. A Warner Bros não emitiu nota sobre o caso.

Filmes e séries