PUBLICIDADE
Topo

Porchat repudia ataque à sede da Porta dos Fundos: "Não vão nos calar"

Fábio Porchat  no Conversa com Bial - Reprodução/Globo
Fábio Porchat no Conversa com Bial Imagem: Reprodução/Globo

Colaboração para o UOL

24/12/2019 20h05

Fábio Porchat se pronunciou em repúdio ao ataque a bomba à sede do Porta dos Fundos, no Rio de Janeiro, realizado durante a madrugada desta véspera de Natal.

O ator e humorista, que faz parte da equipe do Porta, expressou sua indignação. "Não vão nos calar! Nunca! É preciso estar atento e forte", escreveu, reproduzindo trecho da letra da canção Divino Maravilhoso, de Caetano Veloso.

O post teve respostas de solidariedade. "Força para vocês! Não se deixem intimidar!", escreveu um seguidor. "É esse o espírito de natal? Que absurdo!", comentou outro.

Em entrevista ao El País Brasil, Gregório Duvivier também se manifestou sobre o atentado. "É assustador. Eles não estão sós. É um ódio que tem sido pregado na mídia conservadora e no Congresso", disse.

O grupo causou polêmica recentemente ao retratar um Jesus Cristo homossexual e um Deus mentiroso no especial de Natal A Primeira Tentação de Cristo, da Netflix.

De acordo com nota divulgada pelo Porta dos Fundos, o ataque ao edifício aconteceu às 4h desta véspera de Natal. Foram atirados coquetéis molotov contra o prédio, mas um dos seguranças conseguiu controlar o princípio de incêndio e não houve feridos.

Veja o trailer do especial de Natal do Porta dos Fundos:

Filmes e séries