PUBLICIDADE
Topo

Filmes e séries


Brad Pitt revela que pensou em desistir da carreira depois de Troia

Brad Pitt discute prós e contras do crescimento streaming em debate promovido pela revista Variety - Reprodução/Variety
Brad Pitt discute prós e contras do crescimento streaming em debate promovido pela revista Variety Imagem: Reprodução/Variety

Do UOL, em São Paulo

13/12/2019 18h18

O filme Troia é um dos maiores sucessos comerciais da carreira de Brad Pitt, mas o ator revelou, em uma entrevista ao The New York Times, que ficou insatisfeito com o filme a ponto de quase largar a carreira.

"Foi realmente uma reviravolta (para minha carreira) em 'Troia'. Fiquei decepcionado com isso", afirmou.

Pitt conta que ficou "mimado" trabalhando com David Fincher — com quem ele fez Clube da Luta e que isso tornou mais difícil o trabalho com o diretor Wolfgang Petersen.

'Das Boot' (dirigido por Petersen) é um dos melhores filmes de todos os tempos. Mas em algum lugar, 'Troia' se tornou um tipo comercial de coisa. Casa gravação era como, 'aqui está o herói!' Não havia mistério", relata.

Ele explicou ainda que teve que fazer o filme por uma obrigação contratual.

Mas Troia não é o único filme que desapontou Pitt. Ele confessou que também não gosta de sua atuação em 12 Macacos, filme pelo qual ele foi indicado ao Oscar.

"Eu acertei em cheio na primeira metade de 'Os 12 Macacos'. Eu entendi errado a segunda metade. Essa performance me incomodou porque havia uma armadilha no roteiro. Não é culpa do roteirista, mas era algo que eu não conseguia decifrar. Eu sabia que na segunda metade do filme eu estava interpretando o truque do que era real na primeira metade — até a última cena — e isso me incomodou", explicou.

Filmes e séries