PUBLICIDADE
Topo

Filmes e séries


Por especial de Natal, deputada pede à Câmara nota de repúdio a Netflix

Do UOL, em São Paulo

11/12/2019 16h19

A deputada federal Chris Tonietto (PSL-RJ) apresentou na noite de ontem pedido de requerimento de número 3196/2019 para que a Câmara divulgue nota oficial de repúdio contra a Netflix devido ao especial de Natal "A Primeira Tentação de Cristo", produzido pelo grupo "Porta dos Fundos" e exibido na plataforma.

"Requer aprovação de Moção de Repúdio à Netflix, pela disponibilização em sua plataforma do vídeo 'Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo', contendo ostensivo vilipêndio e escárnio da fé cristã", descreve o pedido.

O requerimento refere-se ao especial "A Primeira Tentação de Cristo", em que Jesus (Gregório Duvivier) está prestes a completar 30 anos, e é surpreendido com uma festa de aniversário quando voltava do deserto acompanhado do namorado, Orlando (Fábio Porchat). (Assista ao vídeo acima)

Na página Change.org, uma petição foi criada para o "impedimento do filme de Natal da Netflix e porta dos fundos, por ofender gravemente os cristãos".
430 mil pessoas já assinaram a petição. A meta são 500 mil.

Ao jornal Extra, Gregorio Duvivier comentou o abaixo-assinado. "Sim, vi que são quase 300 mil pessoas. Acho que fizemos algo errado, porque é muita pouca gente. Da próxima vez, acho que vale pegar mais pesado. O Porta tem quase 20 milhões de inscritos. 300 mil é um fiasco. Mas de qualquer jeito, vale pra medir a audiência. Pelo menos 300 mil pessoas viram. É mais que a base de apoio do Bolsonaro".

Emmy Internacional

No ano passado, o especial de Natal "Se beber, não ceie" já havia provocado a ira de religiosos mais fervorosos. A sátira produzida pelo "Porta dos Fundos" mostrou apóstolos que acordam de ressaca no dia seguinte à Última Ceia e percebem que Jesus Cristo sumiu. (Assista abaixo)

Em novembro, esse especial ganhou o prêmio Emmy Internacional na categoria de "Melhor Comédia".

Filmes e séries