Topo

Geek


Coringa vai ganhar sequência com volta de Joaquin Phoenix, diz site

Coringa - Divulgação
Coringa Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

20/11/2019 11h10

Resumo da notícia

  • A Warner está desenvolvendo uma sequência de Coringa, segundo o The Hollywood Reporter
  • Joaquin Phoenix, o diretor Todd Phillips e o roteirista Scott Silver devem retornar
  • Filme bateu marca do US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais recentemente
  • Phillips também tem planos para desenvolver outros filmes de origem dos personagens da DC

A Warner Bros. está preparando uma sequência de Coringa, que traria de volta o astro Joaquin Phoenix, o diretor Todd Phillips e o roteirista Scott Silver. As informações são do The Hollywood Reporter.

A decisão do estúdio vem pouco depois do filme bater US$ 1 bilhão na bilheteria mundial, se tornando o primeiro filme com classificação "para maiores" nos EUA a alcançar o feito.

Phoenix e Phillips já haviam adiantado, em entrevistas durante a divulgação de Coringa, que tinham conversado sobre possíveis sequências. O ator disse que havia "muito para explorar" no personagem, mas que não faria uma continuação "apenas por causa do sucesso do filme"

A continuação de Coringa não deve se aprofundar na origem de Bruce Wayne, o Batman, no entanto. Aparentemente, a Warner quer deixar a infância e adolescência do futuro herói exclusivamente nas mãos do diretor Matt Reeves, que lançará The Batman em 2021.

Ainda segundo o THR, Phillips também pretende desenvolver outros filmes de origem para os personagens dos quadrinhos da DC. O cineasta já tinha apresentado a proposta para o estúdio, que hesitou em fechar acordo antes de se certificar do sucesso de Coringa.

Polêmica e prêmios

Coringa causou polêmica, durante seu lançamento, por conta das cenas violentas que exibia na história de Arthur Fleck (Phoenix), um palhaço fracassado com saúde mental deteriorada, que aos poucos embarcava em uma onda de crimes por Gotham City.

Muitos temiam que o conteúdo inflamatório do filme inspirasse ações de terrorismo como a que ocorreu durante uma exibição de Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge em 2011, nos EUA.

Por enquanto, apenas incidentes menores (e não violentos) foram registrados — em Paris, por exemplo, espectadores fugiram de uma sala de cinema após um dos membros da plateia se levantar e gritar uma expressão da fé islâmica.

O longa também tem registrado trajetória premiada, especialmente ao vencer o Leão de Ouro, prêmio principal do Festival de Veneza. A Warner já começou campanha de Coringa para o Oscar 2020, defendendo 14 indicações.

Geek