Topo

Geek


Coringa: Cinemas dos EUA proíbem fantasias, máscaras e armas de brinquedo em sessões

Cena do trailer de Coringa - Reprodução
Cena do trailer de Coringa Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

27/09/2019 12h29

Duas das maiores redes de cinemas dos EUA, a Landmark Theaters e a AMC Theaters, estão tomando precauções extras para as sessões de Coringa, filme sobre o vilão do Batman, interpretado por Joaquin Phoenix. No Brasil, o longa estreia em 3 de outubro.

Desde sua exibição no Festival de Veneza, o filme tem causado polêmica por sua suposta romantização do personagem do Coringa, levando a temores de que ele poderia inspirar ataques violentos de pessoas como os "incels", citados pelo FBI em um memorando interno sobre o filme.

Na deixa deses diálogos sobre Coringa, a Landmark e a AMC vão proibir a entrada em sessões de espectadores usando máscaras, pinturas faciais ou "qualquer objeto que esconda o rosto". A Landmark também não permitirá o uso de fantasias, enquanto a AMC ainda não tomou essa medida.

Outra proibição definitiva é a de armas de brinquedo ou outros objetos que "possam fazer os outros espectadores se sentirem desconfortáveis", nas palavras da equipe da AMC.

Na contramão destas precauções, outra rede importante de cinemas nos EUA, a Regal, rejeitou a ideia de que Coringa possa inspirar ataques violentos. "Não acreditamos que o conteúdo ou a existência de um filme possa ser causa ou sinal de violência", disseram ao TMZ.

Representantes da Regal frisaram, no entanto, que estão sempre em contato com policiais e serviços de emergência para o caso de algum evento em uma de suas sessões.

Mais Geek