Topo

Comédia

Tudo o que você precisa saber sobre filmes e séries de comédia


Prepara-se para a maratona: Um guia para quem nunca viu Friends

Cena da série Friends com os personagens reunidos à mesa - reprodução/Warner/NBC
Cena da série Friends com os personagens reunidos à mesa Imagem: reprodução/Warner/NBC

Débora Miranda

Do UOL, em São Paulo

22/09/2019 04h00

Houve um tempo em que as séries não eram on demand, em que era necessário ter TV a cabo e estar a postos todo dia, no mesmo horário, para saber o que aconteceria com os personagens de seu programa favorito. E, quando o episódio chegava ao fim, naquele momento de tensão máxima, ainda era preciso esperar mais uma semana para descobrir o desfecho da história. Foi nessa época, em 1994, que o mundo conheceu Friends.

Outro programa fenômeno da TV, Seinfeld (1989-1998) costumava se intitular uma série "sobre o nada". Pois Friends também é um pouco assim. Não há uma grande e elaborada trama, como parte das atrações de sucesso de hoje. Não há polícia, não há bombeiros, não há políticos, não há advogados, não há drogas nem crimes. A história --que ficou dez anos no ar sem nunca perder o fôlego-- se desenrola com base na vida e nos relacionamentos de seis amigos.

São 236 episódios que, na época de sua exibição na TV, eram vistos semanalmente nos Estados Unidos por 25 milhões a 30 milhões de telespectadores semanalmente, segundo números do New York Times. Na mesma escalada do sucesso de audiência, o salário dos seis protagonistas chegou a US$ 1 milhão por episódio —isso no início dos anos 2000, vale lembrar.

E embora nem todos do elenco tenham conseguido emplacar uma carreira de sucesso com o fim do programa, o sexteto manteve seu status de celebridade amada pelo público, que nunca deixou de ver e rever os episódios --hoje parte do catálogo da Netflix (com os dias contados).

Neste ano, comemora-se 25 anos da estreia de Friends. Se você não tem a menor ideia de quem são Rachel, Monica, Phoebe, Joey, Chandler e Ross, veja tudo o que precisa saber antes de mergulhar na série (e de se arrepender profundamente por não ter feito isso nas últimas duas décadas).

Em cena de Friends, Monica põe um peru na cabeça e brinca com Chandler  - Reprodução/Warner/NBC
Em cena de Friends, Monica põe um peru na cabeça e brinca com Chandler
Imagem: Reprodução/Warner/NBC

6 motivos para maratonar Friends:

1. Aquele em que todos os episódios chamam "aquele que"

Nada de títulos burocráticos. Com exceção do primeiro capítulo e do último, todos os outros episódios se chamam "aquele que" e alguma informação da história. Há, por exemplo, "Aquele do blecaute", "Aquele em que ninguém está pronto" e "Aquele com a Princesa Consuela".

2. Aquele em que você vai se identificar com algum dos personagens

Você provavelmente vai amar todos os seis protagonistas da série, mas é quase certo que vai se ver —e ver seus amigos— em algum deles:

Rachel (Jennifer Aniston) é a patricinha que desistiu de se casar por conveniência e foi em busca do trabalho de seus sonhos, na área de moda.

Monica (Courteney Cox) é chef de cozinha e irmã de Ross (David Schwimmer). Era gorda na época de escola, onde conheceu Rachel.

Ross e Rachel vivem romance na série - Divulgação
Ross e Rachel vivem romance na série
Imagem: Divulgação
Ross é paleontólogo e foi apaixonado por Rachel desde a adolescência. Irmão de Monica, é o queridinho dos pais. Ficou amigo de Chandler (Matthew Perry) na faculdade.

Chandler é o piadista da turma, e ninguém sabe dizer no que ele trabalha. Sua mãe escreve livros eróticos e seu pai se veste de mulher.

Joey tem ascendência italiana e trabalha como ator —não muito bem-sucedido até conseguir um papel na novela Days of Our Lives. Não é brilhante, mas seu xaveco é irresistível e tem uma vida sexual agitada. Ninguém resiste ao seu "How are you doing?".

Phoebe é massagista. Viveu nas ruas e sua mãe se matou. Já adulta, reencontrou o irmão e topou gestar os trigêmeos dele quando a mulher não conseguiu engravidar naturalmente.

3. Aquele em que as piadas nunca são as que você espera. Ou são!

O humor dos personagens de Friends é o que de melhor e mais sofisticado já foi feito na comédia de situação, dentro da simplicidade e das situações corriqueiras que o gênero pede. Nunca é possível prever as sacadas geniais de cada um dos personagens. Ao mesmo tempo, é maravilhoso quando você passa a conhecê-los bem e consegue antecipar que tipo de reação podem ter diante de cada acontecimento.

4. Aquele que não envelheceu e não é politicamente incorreto

Hoje se discute muito os limites do humor com relação ao politicamente correto, mas Friends ainda consegue ser cômica sem ser discriminatória nem machista. A gordofobia com relação a Monica, por exemplo, é retratada na série como algo prejudicial a ela durante a adolescência. Além disso, as personagens femininas são fortes, independentes e trabalhadores. E há até uma cena épica sobre o prazer sexual feminino.

O sexteto de Friends: série estreou na TV há 25 anos e nunca deixou de ser querida - Reprodução/Instagram
O sexteto de Friends: série estreou na TV há 25 anos e nunca deixou de ser querida
Imagem: Reprodução/Instagram

5. Aquele que tem as mais imperdíveis participações especiais

Não houve estrela hollywoodiana de relevância que não aparecesse em Friends. Julia Roberts, Bruce Willis, Reese Whiterspoon, Brooke Shields, George Clooney, Dakota Fanning, Jean-Claude Van Damme, Isabella Rossellini e até Brad Pitt —que foi casado com Jennifer Aniston, vale lembrar— participaram da atração.

6. Aquele que tem a melhor polêmica

Sem dar (muito) spoiler, encerro deixando no ar a maior polêmica do mundo artístico desde a suposta traição de Capitu em Dom Casmurro: Ross e Rachel estavam dando um tempo ou não? Só assistindo para saber.

Comédia