Topo

Filmes e séries


Festival de Cinema do Rio faz apelo e corre o risco de ser cancelado neste ano

Walter Salles e Fernanda Montenegro prestigiam os 20 anos de Central do Brasil no Festival do Rio 2018 - Reprodução/Facebook/FestivaldoRio
Walter Salles e Fernanda Montenegro prestigiam os 20 anos de Central do Brasil no Festival do Rio 2018 Imagem: Reprodução/Facebook/FestivaldoRio

Do UOL, em São Paulo

12/09/2019 15h22

Os organizadores do Festival de Cinema do Rio fizeram um apelo público hoje para que a edição de 2019, com data prevista de 7 a 17 de novembro, seja realizada. Em post no Facebook, eles afirmaram que buscam parceiros financeiros e, caso não encontrem apoio, o evento corre o risco de ser cancelado.

"Após 20 anos de existência e sucesso de realização para o audiovisual brasileiro e internacional - [o Festival do Rio] passa por seu maior desafio em termos financeiros. Estamos buscando apoio junto a várias empresas e parceiros com interesse na viabilidade do Festival do Rio e que apostam também no Estado e na Cidade do Rio de Janeiro", escreveram os organizadores.

"No entanto, vivemos a possibilidade real de cancelamento do nosso evento, com todas as perdas que tal decisão acarretará para o cinema brasileiro, para todo o mercado audiovisual e ainda para cidade e o país. Decidimos tornar pública e oficial esta realidade, pois dentro de poucos dias, chegará o momento de bater o martelo caso não tenhamos os recursos necessários para a realização, ainda que em formato compacto, do Festival do Rio. Este é um apelo final!", completaram.

O Festival do Rio é uma dos mais importantes eventos do audiovisual brasileiro, em que são distribuídos 11 prêmios pelo júri oficial. Ano passado, foram 200 produções de 60 países, incluindo o vencedor da Palma de Ouro, Assunto de Família. A edição anterior também foi responsável por homenagear o aniversário de 20 anos de Central do Brasil, que contou com a presença do diretor Walter Salles e da atriz Fernanda Montenegro.