Topo

Filmes e séries


Depois de O Rei Leão: Os remakes que a Disney planeja para os próximos anos

O pôster da versão live-action de Mulan - Divulgação
O pôster da versão live-action de Mulan Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Do UOL, em São Paulo

22/07/2019 04h00

Um dos filmes mais esperados do ano, O Rei Leão, chegou aos cinemas na semana passada. Enquanto Simba e companhia estão dominando as bilheterias, no entanto, a Disney já está de olho nos próximos meses e anos, e não faltam planos para novos remakes de clássicos animados do estúdio.

Abaixo, o UOL listou os projetos que já estão com data de estreia garantida, e os que ainda estão nos primeiros estágios de desenvolvimento.

Trailer de Malévola: Dona do Mal

UOL Entretenimento

Malévola: Dona do Mal (17 de outubro de 2019)

Um dos primeiros sucessos da Disney no campo dos remakes live-action, Malévola vai ganhar continuação cinco anos depois do lançamento do original. Angelina Jolie retorna para o papel da vilã de A Bela Adormecida, que teve sua imagem "reabilitada" no primeiro filme. Aqui, em seu novo papel como guardiã de Aurora (Elle Fanning), ela parte para conhecer os pais do Príncipe Phillip (Harris Dickinson, que substitui Brenton Thwaites), que pediu a protagonista em casamento, mas logo os ânimos se esquentam e uma guerra é declarada.

Joachim Rønning (Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar) dirige a sequência, que ainda conta com novidades como Chiwetel Ejiofor (Doutor Estranho), Michelle Pfeiffer (Homem-Formiga e a Vespa) e Ed Skrein (Deadpool) no elenco.

Primeira imagem do live-action de A Dama e o Vagabundo - Divulgação/Disney
Primeira imagem do live-action de A Dama e o Vagabundo
Imagem: Divulgação/Disney

A Dama e o Vagabundo (12 de novembro de 2019)

A Disney preferiu usar bichinhos de verdade, ao invés de criaturas geradas por efeitos especiais, no remake do seu clássico de 1955. Assim como o original, ele contará a história de uma cocker spaniel mimada que é abandonada por seus donos quando eles têm o seu primeiro filho. Nas ruas, ela conhece o vira-lata Vagabundo, embarcando em uma jornada romântica que culmina na famosa cena em que os dois dividem um prato de espaguete.

Charlie Bean (LEGO Ninjago: O Filme) vai dirigir A Dama e o Vagabundo para a Disney. Andrew Bujalski (Resultados) assina o roteiro. O elenco conta com as vozes de Tessa Thompson (a Dama), Justin Theroux (o Vagabundo) e Janelle Monáe (a cachorrinha Peg). Nos EUA, o lançamento será através do Disney+, o novo serviço de streaming do estúdio, enquanto no Brasil ainda não há confirmação.

Mulan (26 de março de 2020)

Com certeza o remake mais aguardado entre os confirmados pela Disney, Mulan vai resgatar a história do clássico animado de 1998, com mudanças para melhor retratar a cultura chinesa. A história continua acompanhando uma jovem chinesa que se disfarça de homem para se alistar no Exército e partir para a guerra no lugar do pai.

O papel da protagonista ficou com a atriz Liu Yifei (O Reino Proibido). Niki Caro (Encantadora de Baleias) dirige o filme, que deve diminuir o elemento musical da animação e incluir novos personagens, como uma vilã feiticeira interpretada por Gong Li (Memórias de uma Gueixa).

A atriz Emma Stone - Getty Images
A atriz Emma Stone
Imagem: Getty Images

Cruella (23 de dezembro de 2020)

Prepare-se para reencontrar a terrível vilã de 101 Dálmatas, que já foi vivida por Glenn Close em dois live-action da Disney, em 1996 e 2000. Desta vez, vamos explorar a juventude da personagem, com a ajuda de Emma Stone (La La Land: Cantando Estações), que será dirigida por Craig Gillespie (Eu, Tonya) no projeto, cuja trama ainda está envolta em mistério.

Emma Thompson (Harry Potter) também está no elenco, embora o seu papel não tenha sido divulgado. Aline Brosh McKenna, mais conhecida pelo script de O Diabo Veste Prada, escreveu o roteiro de Cruella.

A atriz e cantora Halle Bailey - Reprodução
A atriz e cantora Halle Bailey
Imagem: Reprodução

... E o que mais vem por aí

A Disney já anunciou um leque amplo de remakes de animações clássicas. De O Corcunda de Notre-Dame a Branca de Neve os Sete Anões, passando por Pinóquio (com Tom Hanks no papel de Gepetto) e Peter Pan (do diretor David Lowery, de Meu Amigo o Dragão), quase nenhum dos grandes filmes que construíram a reputação do estúdio ficou de fora da lista.

A produção mais adiantada entre eles, no entanto, é a de A Pequena Sereia. O diretor Rob Marshall (Chicago) já escolheu sua Ariel na forma da cantora e atriz Halle Bailey, enquanto Melissa McCarthy (Poderia Me Perdoar?) deve viver a vilã Úrsula. Os últimos rumores do filme já dão conta de Harry Styles no papel do Príncipe Eric e de Javier Bardem como o Rei Tritão.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado no 7° parágrafo desta matéria, a animação Mulan foi lançada em 1998, e não em 1997. A informação já foi corrigida.

Filmes e séries