PUBLICIDADE
Topo

Morre Valentina Cortese, atriz indicada ao Oscar por A Noite Americana, aos 96

Valentina Cortese em cena de A Noite Americana (1973) - Divulgação
Valentina Cortese em cena de A Noite Americana (1973) Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

10/07/2019 10h03

Valentina Cortese, a atriz italiana mais conhecida por sua performance em A Noite Americana (1973), clássico de François Truffaut que lhe rendeu uma indicação ao Oscar, morreu aos 96 anos. A notícia foi divulgada pela agência italiana Ansa.

Em A Noite Americana, Cortese interpretou Severine, uma estrela de cinema envelhecida e alcoólatra. A atriz também foi indicada ao Globo de Ouro pela atuação, e venceu o troféu do BAFTA.

Nascida em Milão, em 1923, Cortese começou a atuar nos anos 40. Em 1949, estrelou Mercado de Ladrões, do celebrado diretor Jules Dassin, que impulsionou sua carreira para Hollywood, onde atuou para mestres como Robert Wise (Terrível Suspeita, de 1951) e Joseph L. Makiewicz (A Condessa Descalça, de 1954).

Outros destaques da sua carreira foram As Amigas (1955, de Michelangelo Antonioni), Barrabás (1961, de Richard Fleischer), Olhos Diabólicos (1962, de Mario Bava), Julieta dos Espíritos (1965, de Federico Fellini), e Irmão Sol, Irmã Lua (1972, de Franco Zeffirelli).

A fase final da filmografia de Cortese foi marcada por As Aventuras do Barão Munchausen, clássico de 1988 de Terry Gilliam. A última aparição da atriz nas telas veio em 1993, quando retomou a parceria com Zeffirelli no filme Sonho Proibido.