Topo

Geek


Atriz de Caça-Fantasmas lembra improvisos do elenco: "Bill Murray nunca leu o roteiro"

Divulgação/IMDb
Annie Potts em cena de Os Caça-Fantasmas Imagem: Divulgação/IMDb

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

2019-06-17T15:48:26

17/06/2019 15h48

O primeiro filme da franquia Os Caça-Fantasmas completa 35 anos em 2019, e o site do CBR conseguiu conversar com a atriz Annie Potts sobre suas memórias do clássico. A atriz viveu Janine Melnitz, a secretária do grupo de protagonistas, no filme.

Potts lembra que o clima no set de Os Caça-Fantasmas era de puro improviso. "Rick [Moranis, o Louis] trouxe muita coisa para o personagem, ele inventou algo diferente do que estava escrito no roteiro", comentou. "E Bill [Murray, o Dr. Venkman] nunca leu o roteiro, eu acho".

"Talvez ele tenha folheado levemente", brincou ainda. "Mas Bill chegava no set pronto para experimentar, para brincar. Improviso nunca foi minha praia. Eu tentei durante a faculdade, mas não gostei. O meu negócio sempre foi um bom roteiro".

"Quando eu cheguei em Os Caça-Fantasmas e esses caras mudavam tudo o tempo inteiro, ficava dizendo: 'Por que vocês não leem suas falas? Elas são ótimas!'. Mas o improviso é a arte deles. Foi um grande aprendizado para mim", comentou.

Potts ainda refletiu sobre a popularidade duradoura da franquia. "Eu acho que Os Caça-Fantasmas é popular porque é único. Quando eu li o roteiro pela primeira vez, percebi que não existiam filmes como esse. O único que eu consigo pensar nessa veia é Heróis Fora de Órbita [de 1999]", disse.

Hoje em dia, a atriz evita assistir seus filmes antigos. "Quando meus filhos eram mais novos, eles gostavam de Caça-Fantasmas, mas eu acho que eles nunca pensaram muito no fato de eu estar no filme. Eu revi algumas vezes com eles", comentou.

"Para mim, é difícil, porque se torna um exercício de detectar tudo que eu gostaria de ter feito diferente [no filme]. Mas são filmes divertidos. Eu me sento para assistir um ou dois minutos de vez em quando, deixo todas as memórias voltarem", refletiu.