PUBLICIDADE
Topo

Música


"Depois esquecem", diz ex-advogado de Michael Jackson sobre acusações de pedofilia

Michael Jackson - Timothy A. CLARY / AFP
Michael Jackson Imagem: Timothy A. CLARY / AFP

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

31/05/2019 21h38

O ex-advogado de Michael Jackson, Thomas Mesereau, não acha que o controverso documentário "Deixando Neverland" vá marcar a carreira do cantor.

Em entrevista ao site TooFab, Thomas disse que a repercussão sobre o projeto é só um "arranhão" e que logo as pessoas vão esquecer.

"Acho que suas qualidades excepcionais vão vencer", disse o advogado. "Ele era um grande artista, uma ótima pessoa, honesto, decente. Acho que no final todas as boas qualidades de Michael Jackson prevalecerão."

"Isso é um arranhão temporário; vão falar [sobre isso], então diminuem e depois esquecem", completou.

Thomas defendeu o rei do pop nas acusações de pedofilia contra Michael em 2004. Ele ainda defendeu em outras ocasiões figuras polêmicas como Bill Cosby, Mike Tyson e Suge Knight.

Produção dirigida por Dan Reed, "Deixando Neverland" traz as acusações de abuso sexual contra o cantor Michael Jackson levantadas por Wade Robson e James Safechuck, que eram crianças na época dos supostos incidentes relatados.

Música