Topo

Terror

Tudo o que você precisa saber sobre filmes, séries e livros de horror


Gato Leo, o Church de "Cemitério Maldito", morre semanas após estreia

Divulgação
Cena do remake de "Cemitério Maldito" Imagem: Divulgação

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

2019-05-30T08:03:52

30/05/2019 08h03

Uma das estrelas de "Cemitério Maldito", lançado no dia 9 de maio no Brasil e em abril nos EUA, o gato Leo - chamado Church no longa - teve anunciada sua morte ontem, por seu dono. Kirk Jarrett, responsável e treinador do felino, postou uma foto com uma mensagem emocionada no Instagram.

"É com profunda tristeza que contamos que Leo morreu. Ele deixará muitas saudades. Que sua estrela sempre brilhe forte", diz a mensagem.

Além de Leo, mais quatro gatos foram usados na filmagem. No entanto, é Leo quem aparece nas imagens de divulgação - como a que ilustra esta matéria.

"Leo é um gato confiante que senta e fica. Todo o seu propósito era ser este gato do pôster, como o gato Church. Quase sempre que você o vê, em imagens de divulgação e trailers, como um gato morto-vivo, estamos falando de Leo", explicou Jarrett, em uma entrevista recente ao site AV Club.

O filme conta com Jason Clarke, Amy Seimetz e John Lithgow no elenco, sob direção de Kevin Kölsch e Dennis Widmyer.

Na trama, depois de se mudar com sua esposa Rachel e seus dois filhos pequenos de Boston para a área rural do Maine, o Dr. Louis Creed descobre um misterioso cemitério para animais de estimação escondido dentro do bosque próximo à nova casa da família.

O local, conforme diz o vizinho Jud Crandall, tem propriedades sobrenaturais. Quando uma tragédia se abate sobre os Creed, a magia sinistra do "cemitério maldito" vai virar a vida desta família de cabeça para baixo.

Mais Terror