Topo

Terror

Tudo o que você precisa saber sobre filmes, séries e livros de horror


"MA": Octavia Spencer como você nunca viu e mais 5 destaques do terror

Divulgação
A atriz Octavia Spencer em cena do filme de terror "MA" Imagem: Divulgação

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

2019-05-30T04:00:00

30/05/2019 04h00

Chega hoje aos cinemas "MA", o primeiro filme de terror protagonizado por Octavia Spencer. A atriz repete a parceria com o diretor Tate Taylor, que rendeu a ela o Oscar por "Histórias Cruzadas", mas surge com uma personalidade bem diferente da que vimos na história da doce e cômica Minny e de qualquer outra personagem dela no cinema.

Em "MA", Octavia Spencer é Sue Ann, uma mulher solitária que conquista um grupo de adolescentes ao comprar bebidas e liberar o porão de sua casa para as bebedeiras. A gentileza tem uma motivação obscura que ela vai entregando aos poucos ao longo da trama - que até sua metade parece apenas mais uma comédia divertida sobre um grupo de alunos do Ensino Médio.

Sue Ann, que logo passa a ser chamada de "ma" (uma gíria para mãe) pelos jovens amigos, deixa várias pistas sobre sua personalidade bastante esquisita enquanto se aproxima deles. Ainda assim, consegue convencê-los a continuar frequentando seu porão.

A já batida fórmula de adolescentes perseguidos por uma figura macabra pode até testar a paciência de quem for assistir ao filme. Ainda assim, "MA" acerta ao fazer refletir sobre temas um pouco menos banais do que esse.

Veja cinco pontos para prestar atenção no filme:

Racismo

Divulgação
Imagem: Divulgação

Se a velha fórmula do terror sempre matava o personagem negro primeiro, "MA" inova ao colocar uma negra como protagonista. Os papéis se invertem e é ela quem ameaça os brancos, a maioria entre os amigos adolescentes que frequentam o porão de Sue Ann. Darell (Dante Brown), o único negro da turma, parece incomodar a protagonista com alguns comentários sobre o tema racial - e passa por algo bastante desagradável no desfecho do filme. Apesar disso, os adornos africanos na parte superior da casa criam uma confusão sobre como ela lida com as suas raízes.

Bullying

A grande lição que "MA" tenta passar é sobre o bullying, já que é ele a motivação para o desfecho trágico já esperado para um filme de terror. O curioso é que o tema pouco aparece entre o núcleo adolescente da trama. É um grande trauma do passado que leva a personagem de Octavia Spencer a desenvolver o comportamento psicótico, nos levando a questionar quem é o verdadeiro culpado pelos crimes cometidos pela protagonista.

Ingenuidade

Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

A inconsequência de alguns adolescentes é a única justificativa para que o grupo siga voltando para a casa de Sue Ann mesmo depois de tantas pistas que ela deixa sobre algo que não está certo naquela situação. Pesa o fato de eles morarem em uma cidade pequena e sem outras opções de locais para se divertir sem ser incomodados, mas só a ingenuidade justifica tamanho risco. Destaque para os jovens Diana Silvers (Maggie), McKaley Miller (Hailey), Corey Fogelmanis (Andy), Gianni Paolo (Chaz) e Dante Brown (Darell), que dividem o protagonismo com a experiente Octavia Spencer.

Talentos

Octavia Spencer não é o único rosto bastante conhecido do elenco de "MA". Luke Evans é Ben, o pai de um dos adolescentes, e Juliette Lewis interpreta Erica, mãe solo de Maggie. A personagem de Diana Silvers, aliás, é quase tão protagonista quanto Sue Ann, já que Maggie chega à cidade sozinha com a mãe e precisa fazer novas amizades na escola. Antes do filme de terror, a atriz de 21 anos só tinha participado da comédia "Fora de Série" e feito pontas na série "Into the Dark" e no filme "Vidro".

Continuação

Divulgação
Imagem: Divulgação

O filme deixa várias pontas soltas no roteiro e, apesar de não confirmado, tem muitas opções para uma possível continuação. Falta explorar, por exemplo, o que levou Erica, a mãe de Maggie, de volta à cidadezinha. Também não é possível saber o quanto Erica também está envolvida com Sue Ann, já que ora as duas se tratam como desconhecidas, ora como velhas conhecidas. Outro ponto possível de ser explorado é a história de Genie (Tanyell Waivers), aluna cadeirante da escola do grupo de adolescentes.

Mais Terror