Topo

Livros e HQs


Ex-parceiro de Stan Lee é preso nos EUA acusado de abusar de idosos

Keya Morgan - Reprodução/TMZ
Keya Morgan Imagem: Reprodução/TMZ

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

25/05/2019 16h24

Keya Morgan, ex-parceiro de negócios de Stan Lee, lenda dos quadrinhos, foi preso hoje em Scottsdale, no estado americano do Arizona, acusado de abusar de idosos, publicou o TMZ. Segundo o site, um mandado de prisão foi emitido na semana passada, mas as circunstâncias que cercam a prisão ainda não estão claras.

Morgan foi acusado formalmente cinco vezes de abuso de idosos no condado de Los Angeles, e os documentos apontam que as supostas má condutas ocorreram em junho de 2018. Stan Lee não foi nomeado como suposta vítima nos processos em questão.

A equipe do escritor, no entanto, havia entrado com uma ordem judicial contra Morgan um mês depois, em julho de 2018, acusando Morgan de desviar mais de US$ 5 milhões das contas da lenda da Marvel, além de ter cometido abusos físicos e emocionais.

Na época, Morgan emitiu um comunicado negando as acusações. "Esta é uma caça às bruxas promovida por sua filha e seu advogado. Ela não suporta o fato de o Stan gostar tanto de mim. Vou 100% provar sem sombra de dúvida que as acusações são falsas."

Um dos nomes mais importantes da história da Marvel, na qual foi editor-chefe e presidente, criador de personagens como Homem-Aranha e Hulk, Stan Lee morreu de insuficiência cardíaca em novembro passado com 95 anos.

Mais Livros e HQs